Oito pessoas tem mandados cumpridos durante Operação Ignis

0

Desde o início da manhã, desta terça-feira (14), oito pessoas foram presas durante a Operação Ignis, realizada pela Polícia Civil, com apoio da Polícia Militar nos bairros de São Caetano, Fazenda Grande do Retiro, Capelinha, Santa Luzia do Lobato, Bom Juá e Itapuã.

Os oito homens que tiveram os mandados de prisão cumpridos são envolvidos com homicídios, tráfico de drogas e associação criminosa. Um dos alvos dos mandados resistiu à prisão e entrou em confronto com os policiais, na Fazenda Grande do Retiro. Ele foi socorrido para uma unidade de saúde, mas não resistiu.

A Operação Ignis visa coibir os homicídios, decorrentes da disputa pelo tráfico de drogas, em diversas regiões de Salvador. Um revólver calibre 38, porções de cocaína, crack e maconha também foram apreendidos com os presos.

O líder de um grupo criminoso, com atuação no bairro de São Caetano e Fazenda Grande do Retiro, teve o mandado de prisão cumprido em um presídio do estado do Ceará. Mais de 200 policiais entre civis e militares atuam nas ações, que também cumprem 34 mandados de busca e apreensão.

A Operação Ignis tem o apoio dos Departamentos de Inteligência Policial (DIP), Polícia Metropolitana (Depom), de Polícia do Interior (Depin), de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP), da Coordenação de Operações Especiais (COE), da Assessoria Executiva de Operações de Polícia Judiciária (AEXPJ), além do Departamento de Polícia Técnica (DPT) e da Secretaria Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap).

A Secretaria da Segurança Pública (SSP) colabora com a operação por meio da Superintendência de Inteligência (SI) e a Centro Integrado de Comando e Controle (CICC).

A Polícia Militar atua nas ações por meio do Comando de Policiamento Especializado (CPE); Companhia Independente de Policiamento Especializado/Pólo Industrial – (CIPE/PI); Batalhão de Polícia de Choque (BPChq); Comando de Policiamento Regional da Capital – Baía de Todos os Santos (CPRC/BTS), Rondesp /BTS e 9ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM).

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.