Detento conhecido como “Gordinho Lindo” foge de presídio vestido de mulher

0

O detento César Ramón Ortiz Sosa, de 36 anos, conhecido como “Gordinho Lindo”, escolheu uma saia longa azul, uma jaqueta de couro, uma peruca e acessórios como unhas postiças e anéis para despistar os agentes penitenciários e deixar a prisão onde cumpria pena de três anos por roubo qualificado. A fuga mal sucedida aconteceu no último domingo (29), na Penitenciária Nacional de Tacumbú, no Paraguai.

De acordo com o jornal La Nación, cúmplices do detento o esperavam do lado de fora para ajudá-lo a fugir para um outro estado do Paraguai. Eles não imaginavam, no entanto, que as autoridades já desconfiavam do plano de fuga e que armaram um cerco para frustrar o plano dos criminosos.

O detento foi recapturado dois quarteirões depois do presídio. Agora, ele será transferido para uma outra prisão. Durante as investigações, a polícia paraguaia descobriu que “Gordinho Lindo” contou com a ajuda de um polícia para deixar a prisão, além de outros funcionários do espaço. 12 foram demitidos dos seus cargos.

O policial, Rolón Figueredo, tem antecedentes por tráfico de drogas, foi preso, liberado e reingressado na polícia. Até o dia da fuga de “Gordinho Lindo”, ele estava servindo em uma subdelegacia.

“Houve uma falha no setor de revisão e como resultado disso o ministro ordenou uma investigação preliminar […] 12 pessoas já foram demitidas de seus cargos. O Ministério Público já está investigando a troca de ligações e a cumplicidade de mais funcionários não está descartada”, disse uma autoridade ao La Nácion

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.