Suspeito de participação na morte de soldado, morre em confronto com policias

0

Um suspeito de participação na morte do soldado Alexandre Menezes, policial lotado na 3ª Companhia Independente da Polícia Militar, crime ocorrido no dia 7 desse mês, no bairro de Águas Claras, em Salvador. Ele foi encontrado em Abaré na região norte do estado, na tarde desta terça-feira (17), durante uma ação conjunta das Polícias Militar da Bahia e de Pernambuco, e das Polícias Federal e Rodoviária Federal. Com o suspeito, foi encontrado um fuzil calibre 5.56.

Informações preliminares davam conta, segundo a polícia, de que parte do grupo fugiu para a região norte após a morte do policial. Com base nas informações de inteligência, equipes do Batalhão de Operações Policiais Militares (BOPE), da Companhia Independente de Policiamento Especializado Caatinga (Cipe/Caatinga), do Batalhão de Choque, através do Patrulhamento Tático Móvel (Patamo), e da 3ª CIPM (Cajazeiras), montaram pontos de abordagem na região de divisa entre a Bahia e Pernambuco, com o auxílio de policiais do estado vizinho.

Segundo informou o comandante do Batalhão de Choque, tenente coronel Wildon Reis,  no município baiano de Abaré, um veículo Corolla branco tentou fugir da abordagem e houve perseguição. “O ocupante perdeu o controle do carro e já saiu atirando, dando início ao confronto com os policiais”, afirmou o oficial. Ele foi atingido, socorrido, mas não resistiu.

Identificado como o líder do tráfico de drogas do bairro de Águas Claras, o homem portava um fuzil 5.56, além de 310 pedras de crack, 59 pinos de cocaína e um caderno com anotações da venda de drogas. O armamento será enviado para o Departamento de Polícia Técnica, que vai avaliar as características e se foi o mesmo utilizado contra o soldado Menezes.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.