Justiça torna réu advogado que matou namorada no Rio Vermelho

0

O Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA) acatou a denúncia do Ministério Público (MP-BA), e tornou réu o advogado José Luiz de Britto Meira Júnior, que será julgado – em processo penal – pela morte da namorada, Kézia Stefany da Silva Ribeiro.

Kezia tinha 21 anos e morava em Feira de Santana. Ela foi morta a tiros pelo namorado em Salvador — Foto: Reprodução/Redes Sociais
O acusado responde por crime de homicídio duplamente qualificado, sob o agravante de feminicídio, pelo fato da vítima ter sido morta por ser mulher.

José Luiz continua detido no Batalhão de Choque da Polícia Militar, na cidade de Lauro de Freitas. O assassinato aconteceu no mês de outubro, no bairro do Rio Vermelho, aqui em Salvador. E conforme informações do MP-BA, o crime teria sido motivado por uma discórdia acerca do uso de drogas. Na confusão, o advogado teria disparo tiro com arma de fogo contra a vítima.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.