Operação Inventário: Justiça determina prisão de 3 investigados e afastamento de dois servidores na Bahia

0

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) iniciou nesta quinta-feira (16) a segunda fase da Operação Inventário, que apura fraudes e falsificações praticadas por advogados e prestadores de serviços em processos. A Justiça determinou a prisão de três investigados e afastamento de dois servidores.

Os mandados de prisão foram cumpridos no bairro de Ondina, em Salvador; em Vilas do Atlântico, que fica na cidade de Lauro de Freitas, região metropolitana da capital e em Ribeira do Pombal, no norte da Bahia.

Seis mandados de busca e apreensão também são cumpridos nestas três cidades. O MP-BA não detalhou quem são os servidores afastados de suas funções públicas, nem os cargos que eles ocupam.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.