Irmão é preso como mandante da morte de professor

0

Nas primeiras horas da manhã desta segunda-feira (1º), policiais da Delegacia Territorial (DT) de Santo Amaro deflagraram a operação Gran Fratello, dando cumprimento cinco mandados de prisão e seis de busca e apreensão, com o objetivo de capturar os envolvidos na morte do professor universitário Edcarlos da Silva Santana.

De acordo com o delegado Adriano Lobo Moreira, titular da DT/Santo Amaro, o professor foi levado por criminosos na cidade de Feira de Santana, no dia 15 de dezembro de 2020, e assassinado no distrito de Oliveira dos Campinhos, zona rural de Santo Amaro.

As investigações conduzidas pela unidade revelaram que a morte da vítima havia sido encomendada pelo próprio irmão, que planejava ficar com seus bens. Ao saber que o corpo do irmão havia sido encontrado, o mandante dirigiu-se à delegacia para prestar informações que supostamente ajudariam na investigação.

“Na ocasião, e em diversos contatos posteriores com policiais da unidade, o mentor do homicídio tentou induzir os policiais a acreditarem que o crime tivesse sido praticado por um marido traído, cuja esposa estivesse tendo um relacionamento extraconjugal com vítima”, salientou o delegado.

Na manhã de hoje, a equipe da unidade cumpriu o mandado de prisão do irmão da vítima e de outro homem, suspeito de ser um dos executores do crime. Outros dois criminosos foram capturados nas cidades de Santa Bárbara e Jequié. Os quatro devem ser encaminhados ao sistema prisional.

A ação que resultou na prisão dos criminosos contou com o apoio de equipes das delegacias territoriais (DTs) de Conceição do Jacuípe, Amélia Rodrigues, Santa Bárbara, Jequié e 3ª Coorpin/Santo Amaro, além da Superintendência de Inteligência (SI) da Secretaria da Segurança Pública (SSP).

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Secured By miniOrange