Governo da Bahia confirma afastamento de Maurício Barbosa

0
Foto: Carol Garcia/GOVBA

O Governo da Bahia confirmou, por meio de nota, o afastamento do secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa. O titular da pasta não deve sequer manter contato com servidores pelo período de um ano, segundo o Superior Tribunal de Justiça (STJ). Ele é investigado na Operação Faroeste.

O Governo também informou que aguarda as informações oficiais do processo em curso “para tomar as medidas cabíveis”. Equipes da Polícia Federal estiveram na sede da SSP, no Centro Administrativo da Bahia, em Salvador.

A delegada chefe de gabinete, Gabriela Macedo, também está sendo investigada por vazar informações sobre operações sigilosas. Além de Maurício e da delegada, membros do Tribunal de Justiça da Bahia também são alvos da Polícia Federal.

OPERAÇÃO

A Operação Faroeste foi deflagrada pelo MPF em novembro de 2019. O objeto inicial era a existência de suposto esquema de venda de decisões no Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA) com o envolvimento de pelo menos quatro desembargadores.

Reportagem do Aratu On mostrou que Maurício Barbosa foi citado duas vezes pela delatora Sandra Inês Moraes Ruscolelli Azevedo. De acordo com ela, o grupo criminoso foi instalado durante a gestão da desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago na Presidência do TJ.

O líder seria Adailton Maturino dos Santos, falso cônsul da Guiné-Bissau. De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), ele se apresentava como juiz aposentado e como mediador.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.