Motoristas de aplicativo denunciam facções de impedir circulação no Nordeste de Amaralina; PM nega

0



Os motoristas de Uber estão ainda mais receiosos de atenderem as chamadas de passageiros que solicitam o serviço, no Complexo do Nordeste, Salvador.

Segundo relatos dos profissionais, após ações de inteligência da polícia como agentes disfarçados de motoristas de aplicativo que resultou em prisões de suspeitos de crimes, os integrantes de facções determinaram como retaliação, que os profissionais da categoria não circulem no local.

Informação confirmada pelo presidente do Sindicato dos Motoristas por Aplicativo e Condutores de Cooperativas do Estado da Bahia (Simactter-BA), Átila Santana. “Realmente recebi de muitos profissionais essa informação e procede. Eu estou conversando com a Secretária de Segurança Pública”, disse.

Um dos motoristas de aplicativo, que preferiu anonimato, não está mais recebendo chamadas de passageiros do Complexo do Nordeste e destaca o medo de que se repita a chacina de motoristas em Mata Escura. “ Muitos motoristas nem rodam lá por medo. Só que mora na área do Nordeste é que aceita corrida de lá. Depois dessa ameaça, desligo o aplicativo quando passo pela área. Não vou ser vítima como os motoristas que morrem por nada em Mata Escura”, destacou.

Em outra informação que é compartilhada em grupos de motoristas de Uber, um dos trabalhadores alerta. “Evitem área, pois podemos sofrer retaliação. Infelizmente a polícia invadiu a semana passada camuflado de Uber e ganhou os caras”, revelou.

Em nota, a Policia Militar nega. “Em contato com o comandante da 40ª CIPM fomos informados que não procede essa denúncia”, informou.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Secured By miniOrange