Mulher salta de prédio em Salvador para escapar de agressões e recebe alta.

Por Redação
2 Min

A mulher de 27 anos que se jogou do quinto andar de um prédio em um condomínio de luxo de Salvador para fugir do companheiro que a agredia recebeu alta médica do hospital na segunda-feira (10).

Ela foi liberada pouco mais de 24 horas após as agressões sofridas na tarde de domingo (9).

O caso é tratado pela Polícia Civil como lesão corporal dolosa, mas não há detalhes sobre quais ferimentos a jovem sofreu.

Segundo a TV Bahia, fontes da Polícia Civil informaram que ela foi agredida após dizer ao suspeito que estava grávida de um filho dele. O homem foi identificado como Igor Costa Campos, de 39 anos.

Uma testemunha afirmou, durante depoimento para a Polícia Civil, que estava no mesmo condomínio quando o caso ocorreu, ouviu um grito e em seguida um forte estrondo. A pessoa relatou que foi socorrer a vítima e ouviu dela: “Não me deixe morrer aqui desse jeito”.

A testemunha perguntou para a mulher o que tinha acontecido e ela afirmou que o suspeito “agredia ela o tempo todo”.

Nesta segunda-feira, a vítima requereu medidas protetivas de urgência em desfavor do suspeito das agressões.

Ainda de acordo com a TV Bahia, os dois teriam se conhecido há cerca de um mês, quando a mulher saiu de Maceió, em Alagoas, para trabalhar em Salvador.

Eles se relacionaram nesse período até que, no domingo, o homem teria iniciado as agressões no apartamento. Campos teria até prendido a vítima antes que ela conseguisse fugir, pulando do prédio.

Compartilhe Isso
- Advertisement -