Operação conjunta resulta na apreensão de 30 mil toneladas de manganês no Pará.

Por Redação
1 Min

A Polícia Federal (PF) e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) apreenderam, nessa sexta-feira (7/6), aproximadamente 70 mil toneladas de manganês em Barcarena, no Pará. O minério estava em um sítio que funcionava como porto clandestino.

Na indústria, o manganês é utilizado, em especial, para fabricação de ligas metálicas, palitos de fósforo, vidros e fogos de artifício.

A apreensão decorreu de diligência realizada pelo Grupo de Policiamento Marítimo (Gepom/PF), em conjunto com agentes do Ibama. Posteriormente, a Delegacia de Repressão a Crimes Contra o Meio Ambiente foi acionada e irá dar continuidade às investigações.

De acordo com a PF, o minério não possuía qualquer documentação. Um inquérito foi aberto para investigar a origem da extração do manganês, o destino final e as pessoas envolvidas no caso.

Compartilhe Isso
- Advertisement -