Justiça de SP autoriza Nardoni a cumprir pena em casa

Por Redação
2 Min

A juíza Gabriela Marques da Silva Bertoli, da 4ª Vara de Execuções Criminais, confirmou a decisão que permite a Alexandre Nardoni cumprir o restante de sua pena em liberdade. A determinação foi feita na última sexta-feira (24).

Alexandre Nardoni, condenado a 30 anos de prisão pela morte de sua filha Isabella em março de 2008, foi responsabilizado pelo crime que resultou na queda da menina do sexto andar do Edifício London, localizado na Vila Mazzei, zona norte da capital paulista.

Sua esposa na época, Anna Carolina Jatobá, também foi sentenciada a 26 anos de prisão, inicialmente em regime fechado.

Após dezesseis anos do crime, em 3 de maio deste ano, a Justiça autorizou a progressão de Alexandre Alves Nardoni para o regime aberto. Ele deixou a Penitenciária II de Tremembé no dia 6.

No mesmo dia, o Ministério Público de São Paulo (MPSP) interpôs um recurso de agravo de execução contra essa decisão. O MPSP argumenta que Nardoni cometeu um crime hediondo e bárbaro ao tirar a vida de sua filha de 5 anos.

A decisão da juíza gerou controvérsias e desencadeou debates sobre a aplicação da lei e a punição para crimes desse nível de gravidade. A sociedade se encontra dividida entre os que acreditam na ressocialização do condenado e os que defendem que a pena deveria ser cumprida integralmente.

Entretanto, a determinação da juíza permanece válida até que haja uma nova decisão judicial em relação ao caso. A liberdade de Alexandre Nardoni continua sendo objeto de análise e discussão por parte das autoridades competentes.

Compartilhe Isso
- Advertisement -