SAO JOAO
SAO JOAO

Assassinato de Mãe Bernadete em Simões Filho será tema de Linha Direta Especial

Por Redação
2 Min

O programa Linha Direta desta quinta-feira (23) vai abordar o caso do assassinato da líder quilombola Mãe Bernadete, que foi morta em 17 de agosto de 2023.

Sob a apresentação de Pedro Bial, o Linha Direta trará entrevistas com familiares de Mãe Bernadete, como Jurandir Wellington Pacífico, filho da líder, e realizará uma investigação sobre o crime.

Em novembro do ano passado, o Ministério Público da Bahia (MP-BA) denunciou cinco pessoas suspeitas de participarem do assassinato da líder do Quilombo Pitanga de Palmares, situado entre as cidades de Simões Filho e Candeias, na região metropolitana de Salvador.

A denúncia foi recebida pela 1ª Vara Criminal da comarca de Simões Filho e os cinco homens denunciados foram identificados como Arielson da Conceição Santos, Josevan Dionísio dos Santos, Marílio dos Santos, Sérgio Ferreira de Jesus e Ydney Carlos dos Santos de Jesus.

Dos cinco suspeitos, três estão foragidos e foram incluídos no Baralho do Crime da Secretaria da Segurança Pública (SSP). Na carta mais alta do naipe, o ‘Ás de Ouros’, foi adicionado Marilio dos Santos, apelidado de “Maquinista” ou “Gordo”, apontado como uma das lideranças do grupo criminoso que atua em Simões Filho e São Sebastião do Passé.

O novo representante da carta ‘Dama de Ouros’ é Ydney Carlos dos Santos de Jesus, conhecido como “Café”, que é apontado como gerente do tráfico local e subordinado de “Maquinista”, tendo auxiliado no planejamento da execução da ialorixá.

Por fim, na carta ‘Nove de Ouros’ foi inserido Josevan Dionisio dos Santos, apelidado de “BZ” ou “Buzuim”, que possui dois mandados de prisão por homicídio e roubo. Segundo a denúncia do MP, Josevan teria sido um dos executores imediatos do crime, agindo sob a ordem de “Maquinista” e instruções de “Café”.

Compartilhe Isso
- Advertisement -