Três PMs são presos por suspeita de execução na Bahia

Por Redação
2 Min

Três policiais militares foram presos na manhã desta quinta-feira (16/5), durante a deflagração da operação ‘Sub Lege’, nos municípios baianos de Jacobina e Pindobaçu. Eles são investigados pelo homicídio de Robson da Silva Santos, ocorrido no último dia 7 de abril.

Segundo as investigações, Robson foi assassinado a tiros de armas de fogo em Pindobaçu. Ele estava debaixo da cama, de onde foi retirado e teria sido executado. Ainda conforme as investigações, com base na análise do local do crime, do relatório médico e do laudo de necropsia, a vítima já estava sem sinais vitais ao ser levada ao hospital e apresentava múltiplas lesões compatíveis com ação violenta e disparos a curta distância.

Durante a operação ‘Sub Lege’, foram cumpridos mandados de prisão temporária contra os policiais militares suspeitos de envolvimento no homicídio de Robson da Silva Santos. As autoridades não divulgaram detalhes sobre a participação de cada um dos policiais no crime, mas destacaram que as investigações estão em andamento para esclarecer todos os fatos relacionados ao caso.

A população dos municípios de Jacobina e Pindobaçu ficou surpresa com a notícia da prisão dos policiais militares, que até então eram vistos como agentes da lei. As autoridades locais estão acompanhando de perto o desdobramento das investigações e garantiram que todas as medidas cabíveis serão tomadas para que a justiça seja feita no caso do homicídio de Robson da Silva Santos.

Os três policiais militares permanecerão detidos enquanto as investigações continuam em andamento. A sociedade aguarda por respostas conclusivas sobre o caso e espera que os responsáveis pelo crime sejam devidamente punidos conforme a lei.

Compartilhe Isso
- Advertisement -