Rascunho automático

Em jogo apagado, Itabaiana e Bahia empatam e dão adeus ao Nordestão

Por Redação
3 Min
Falta de iluminação paralisa partida por 22 minutos no primeiro tempo. Com vitória do ABC, os tricolores são eliminados na primeira fase do grupo A
Falta de iluminação paralisa partida por 22 minutos no primeiro tempo. Com vitória do ABC, os tricolores são eliminados na primeira fase do grupo A

Itabaiana e Bahia entraram em campo no Estádio Presidente Médici com a missão de vencer por goleada e torcer por um tropeço em casa do ABC diante do Ceará. Nada deu certo para os tricolores. As equipes não fizeram sua parte, empataram sem gols e viram o time potiguar vencer por 3 a 0 os cearenses e apagar o sonho de classificação.

Continua depois da Promoção

Antes de passar uma borracha na campanha das equipes no grupo A, um problema de energia apagou todos os postes de iluminação do estádio e partida ficou paralisada por mais de 20 minutos. Com o resultado, Bahia ficou na terceira colocação com oito pontos. Já o Itabaiana segurou a lanterna com cinco. Agora, os times voltam suas atenções para os campeonatos estaduais.

Apagão de futebol

No primeiro tempo as equipes pouco criaram. Até os 15 minutos o único chute ao gol foi do Bahia, com Souza, que recebeu de Jeferson e mandou de primeira. A bola passou rente à trave do goleiro Sérvulo. Quando a equipe visitante começava a gostar do jogo, o estádio ficou sem luz. Um problema nos disjuntores, deixou a partida paralisada por 27 minutos.

Continua depois da Promoção

Aos 42 minutos, o árbitro conseguiu reiniciar o confronto, mas as equipes não conseguiram jogar com qualidade. A melhor jogada foi novamente com Souza do Bahia. Ele colocou entre as pernas de Júnior, invadiu área, mas o chute foi travado. No rebote, Helder chuta esquisito e manda para tiro de meta.

Má notícia

Com o atraso da partida por conta da falta de energia, os jogadores voltaram para o segundo tempo sabendo o resultado de Natal. A equipe mandante venceu o Ceará por 3 a 0. Só o Bahia ainda sonhava com a classificação, mas precisava vencer por mais de cinco gols.

O tricolor baiano até tentou, mas esbarrou na falta de sorte nos poucos lances. Como na boa jogada de Hélder. Ele dominou a bola com categoria, acertou um belo chute com o peito do pé, mas acertou o travessão de Sérvulo. Os visitantes pediram pênalti em uma boa jogada de Ítalo com Hélder, mas o árbitro mandou seguir o lance para revolta dos baianos.

A última oportunidade de pelo mudar o placar aconteceu com Hélder. O jogador recebeu dentro da pequena área e tentou duas vezes. Na primeira foi travado por Sérvulo. Na segunda, Demerson mandou para longe. O árbitro aproveitou a jogada para apitar pela última vez. As duas equipes caíram juntas no Nordestão 2013.

GloboEsporte

Compartilhe Isso
- Advertisement -