Fonte Nova começa a receber gramado, e diretor garante prazo

Por Redação
6 Min

Gestor de engenharia ressalta que a obra será entregue no dia 28 de fevereiro. Até o momento, construção está 90% concluída

A Arena Fonte Nova começou a receber o gramado do campo. O plantio da grama do estádio começou na terça-feira, mas somente nesta quarta a imprensa teve acesso para acompanhar o processo. Até o final da manhã desta quarta, ao menos 1/4 do gramado já havia sido distribuído na área do campo.

Continua depois da Promoção

O plantio da grama é feito de forma diferenciada da convencional. O formato escolhido para o plantio é springs e segue recomendação da Fifa. Neste formato, a grama em ramos é espalhada de forma manual no solo, e em seguida, uma espécie de rolo faz o trabalho de fixação do gramado. De acordo com José Luis Góes, diretor de engenharia da Arena Fonte Nova, até o próximo domingo, dia 20, toda a grama estará afixada ao solo do estádio. A arena baiana vai receber três jogos da Copa das Confederações deste ano, incluindo o duelo entre Brasil e Itália.

fonte nova
Gramado começou a ser plantado do lado do gol que fica para a Ladeira da Fonte (Foto: Eric Luis Carvalho)

Até o dia 28 de fevereiro, o gramado receberá quatro cortes, o primeiro deles na próxima semana. Segundo o diretor da Arena, o estádio terá condições de receber o primeiro Ba-Vi do Campeonato Baiano, que deve inaugurar o estádio, no dia 29 de março.

gramado; arena fonte nova (Foto: Eric Luis Carvalho)
Gramado chegou a Salvador em caixas em um
caminhão com refrigeração (Foto: Eric Luis Carvalho)

– No dia 20 de março, o gramado estará apto para jogo. Nosso fornecedor é o mesmo da Arena Castelão, e os testes de performance feitos lá apontaram que, em 60 dias, o gramado estará dentro das conformidades. Temos uma folga, já que temos 70 dias para o jogo que pode ser a inauguração. Por isso não trabalhamos com a possibilidade de não ter o gramado disponível para o dia 31 de março – disse José Luis Góes.

Continua depois da Promoção

O gramado plantado é do tipo bermuda e chegou a Salvador em um caminhão com refrigeração, que mantém a grama sob 13º, desde o momento da colheita, em Minas Gerais. A viagem para Salvador durou dois dias. Antes de ser colocada no solo, a grama é misturada com um mix de fibras elásticas e de polietileno, além de turfa e areia, conjunto de materiais que tem a finalidade de proporcionar uma superfície mais segura para os jogadores em relação a impactos e torções.

Explicações sobre a cobertura e prazo de entrega ratificado

A cobertura do estádio, que deveria estar pronta em dezembro passado, foi motivo de questionamento para o diretor de engenharia da Arena. Segundo José Luis Góes, uma alteração no processo justifica o atraso, mas ele garante que as obras estão dentro do planejamento.

– O que aconteceu foi uma mudança de metodologia por conta do plantio do gramado. Iríamos colocar umas gruas, mas decidimos trabalhar com alpinistas – disse o diretor. No entanto, não foi divulgado o novo prazo de finalização da cobertura; 25% da membrana do teto o estádio já foi tensionada.

gramado; arena fonte nova (Foto: Eric Luis Carvalho)
Diretor garantiu entrega do estádio no dia 28 de
fevereiro (Foto: Eric Luis Carvalho)

Com 90% das obras concluídas, mas aparentemente distante da conclusão, o estádio deve ser entregue em 42 dias. José Luis Góes garante que não há remanejamento no prazo de entrega.

– Não trabalhamos com outra data. Posso garantir que o estádio estará 100% no dia 28 de fevereiro. Pode parecer (que falta muito), mas temos muitas frentes de trabalho. Depois disso só teremos trabalhos de manutenção, como o tratamento da grama, mas o estádio estará pronto na data marcada – disse.

Ainda segundo o diretor da Arena, a Fifa deve realizar alguns testes no estádio a partir de abril. A realização do Ba-Vi que deve inaugurar o estádio ainda não está confirmada, mas Góes diz que a Fifa é favorável à realização de partidas no estádio.

– Ainda não tem uma data, mas sabemos que será a partir do começo de abril.  A realização do Ba-Vi do dia 31 depende dos acordos entre a Federação Bahiana, o governo do estado e os clubes, mas a Fifa vê com bons olhos a realização de jogos até para testar o equipamento. Obviamente que não uma carga de jogos que prejudique o gramado, mas, fora isso, acredito que não tenhamos problemas – disse.

Outra novidade do dia foi a instalação dos refletores do estádio. Diversos iluminadores estão sendo instalados ao redor de um dos anéis metálicos da cobertura.

gramado; arena fonte nova (Foto: Eric Luis Carvalho)
Arena Fonte Nova começou a ganhar refletores nesta semana (Foto: Eric Luis Carvalho)

 

Compartilhe Isso
- Advertisement -