Modelos tiram a roupa em ato pela consciência negra no Rio de Janeiro

Por Redação
2 Min
Modelos ficam nuas em ato na Zona Portuária | FOTO: Giovana Sanchez/G1 |
Modelos ficam nuas em ato na Zona Portuária | FOTO: Giovana Sanchez/G1 |

Um grupo de cerca de 40 artistas e modelos fez um ato na Zona Portuária, em frente ao Píer Mauá, onde ocorre a primeira noite de desfiles da temporada outono/inverno do Fashion Rio, na noite desta quarta-feira (6). Segundo o diretor do grupo Palco dos Mil Sonhos, Leonidas Lopes, a apresentação é uma celebração pelo mês da consciência negra. A apresentação ocorre um dia após a assinatura de um termo de compromisso por parte da empresa que realiza o evento, a Luminosidade, e a Defensoria Pública do Rio de Janeiro, recomendando uma cota de 10% de modelos negros nos desfiles.

 

Durante ato, mulheres tiraram a roupa e ficaram só com calcinhas cor da pele | FOTO: Giovana Sanchez/G1 |
Durante ato, mulheres tiraram a roupa e ficaram só com calcinhas cor da pele | FOTO: Giovana Sanchez/G1 |

“O termo de compromisso é uma celebração de um passo conjunto que pode trazer um espaço que ainda não há no Rio. O desenho estético vendido pela moda não atende a proposta de consumo da maioria da população brasileira”, disse Moisés Alcuña, coordenador de políticas públicas da Educafro. Com informações e fotos do G1.

Ato foi realizado um dia após a assinatura de um termo de compromisso recomendando uma cota de 10% de modelos negros nos desfiles | FOTO: Giovana Sanchez/G1 |
Ato foi realizado um dia após a assinatura de um termo de compromisso recomendando uma cota de 10% de modelos negros nos desfiles | FOTO: Giovana Sanchez/G1 |

 

 

Compartilhe Isso
- Advertisement -