Madre de Deus: Moradores realizam manifestação em rodovia

Por Redação
5 Min

Os manifestantes fecharam a BA-523, rodovia que liga Candeias a Madre de Deus, pedindo melhorias na iluminação pública, infraestrutura, transporte e lazer na comunidade

madre-deus_manifestaçãoOs moradores do bairro Cururupeba, localizado em Madre de Deus, realizou uma manifestação na entrada da cidade, na manhã de hoje, dia 27. Os manifestantes fecharam a BA-523, rodovia que liga Candeias a Madre de Deus, pedindo melhorias na iluminação pública, infraestrutura, transporte e lazer na comunidade.

O presidente da Associação de Moradores de Cururupeba, Profº Gilberto Domingos disse que o bairro recém-criado está em total abandono: “Mais de 300 residências estão sem energia elétrica, nós não temos segurança, não temos pavimentação em nosso bairro, não temos saneamento básico, estamos completamente abandonados”, disse.

Ele contou também que houve “promessas” durante a campanha, mas até hoje ninguém olhou para a comunidade e que a comunidade participou de várias reuniões com representantes da prefeitura, sem sucesso. Este é o segundo movimento que os moradores realizam na entrada da cidade. O primeiro foi realizado no início do mês de junho em frente à Câmara Municipal de Vereadores.

Ao tentar defender verbalmente o prefeito, Jéferson Andrade (PP), o secretário de Segurança Cidadã, Janatan Silva, foi expulso da manifestação pelos moradores.

Em nota à imprensa, a prefeitura declarou que trabalha com afinco a fim de solucionar as problemáticas da cidade e que a administração se preocupa bastante com o bem- estar e qualidade de vida da comunidade.

Confira a nota na íntegra:

“A Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Madre de Deus, vem por meio deste prestar alguns esclarecimentos sobre a Paralisação que ocorreu hoje na cidade pelos moradores do bairro da Cururupeba.

Desde quando o Prefeito Jeferson Andrade assumiu o seu mandado em Abril deste corrente ano, trabalha com afinco a fim de solucionar as problemáticas da cidade. A Cururupeba é um novo bairro, que foi ocupado de forma indevida por parte dos moradores. A área ocupada é uma APA (Área de Proteção Ambiental), o que já caracteriza um crime ambiental utilizar aquele espaço para outros fins.

A Administração preocupada com a situação já esteve em contato desde o início do mandato com o INEMA (Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado da Bahia), para que toda ação que seja realizada no local, ocorra de comum acordo o órgão e nos tramites legais.

Também no início deste mês, o Prefeito recebeu 12 líderes do bairro para uma reunião em seu gabinete, a fim de esclarecer dúvidas sobre a urbanização do bairro e explanou as medidas que já foram e estão sendo tomadas, entre elas estão o cadastramento em regime de caráter de urgência para recebimentos de recursos para o bairro que foi realizado em Brasília, que trata-se de um investimento de 8 milhões; A visita técnica feita pelos Secretários de Obras, Serviços Públicos, Meio Ambiente, o Gerente da Coelba e o Arquiteto responsável pelo desenvolvimento e urbanização ao bairro.

Além dessa reunião, diversos moradores já haviam sido atendidos em outras reuniões que vinham acontecendo periodicamente com o Prefeito, Secretário de Governo e vereadores.

Hoje, mas uma vez o Prefeito atendeu representantes no Gabinete e após a reunião foi até a manifestação e assumiu novamente o compromisso com a população. Inclusive mostrou o projeto e solicitou da comunidade a criação de uma comissão. Os mesmos assumiram também o compromisso e, logo em seguida, a manifestação teve fim e o trânsito foi normalizado.

Portanto, a administração preocupa-se bastante com o bem estar e qualidade de vida da comunidade e se coloca a disposição para quaisquer esclarecimentos”. Extraído de BaianaFm

Compartilhe Isso
- Advertisement -