MOVEMBER UM COMPROMISSO COM A SAÚDE MASCULINA – DISFUNÇÃO ERÉTIL

Por Redação
3 Min

Já explicado no post anterior a iniciativa do Movember é  chamar a atenção para as doenças mais comuns dentre os homens, dando dicas de como se prevenir e, mais ainda, de como manter uma boa saúde durante a vida toda. Seguindo esse compromisso destacamos um tema pouco discutido entre a população masculina a Disfunção Erétil.

Continua depois da Promoção

A disfunção erétil é a incapacidade de manter o pênis ereto para uma satisfatória relação sexual.
O termo impotência sexual descrevia simplesmente a inabilidade para inserir o pênis na vagina. Este termo, está em desuso, sendo substituído por disfunção erétil.
Segundo estatísticas, 10 % dos homens entre 40 a 70 anos tem alguma forma de
disfunção erétil, e apenas 30% procuram ajuda médica. É a doença mais comum do sexo masculino e a menos tratada do mundo.

CAUSAS DA DISFUNÇÃO ERÉTIL

A disfunção erétil pode ter origem em diversos fatores, sejam eles físicos ou psicológicos. Muitas vezes é uma combinação de ambos.
Problemas Vasculares: A arteriosclerose (endurecimento das artérias), derrame cerebral, fumo, hipertensão, problemas cardíacos e colesterol elevado são fatores que afetam a entrada e a saída do fluxo de sangue do pênis. A doença vascular é geralmente a causa mais comum da disfunção erétil.
Doenças Nervosas: Os problemas neurológicos incluem: lesão da medula espinhal, esclerose múltipla e degeneração dos nervos, derivados do diabetes ou do excesso de álcool.
Diabetes: O diabetes pode causar lesão dos nervos e dos vasos sanguíneos que levam o fluxo sanguíneo ao pênis. Dois em cada três homens com diabetes podem sofrer de disfunção erétil.
Doenças Crônicas: Ao ser diagnosticada uma doença crônica o seu médico pode esclarecer se esse problema pode afetar a saúde sexual.
Problemas Hormonais: Baixos níveis de hormônio podem causar disfunção erétil.
Efeitos Secundários dos Medicamentos: Existe uma vasta gama de medicamentos que podem originar problemas de disfunção erétil. O médico pode esclarecer sobre os possíveis efeitos secundários da medicação prescrita e quais as possíveis alternativas. Um dos exemplos são os remédios contra a queda de cabelo.

Continua depois da Promoção

Fatores Relacionados com o Estilo de Vida
Álcool:O consumo de bebidas alcoólicas pode reduzir imediatamente a capacidade de manter uma ereção satisfatória. A longo prazo, o consumo excessivo de bebidas alcoólicas pode causar desequilíbrios hormonais constantemente.
Fumo: O uso abundante e/ou por um grande período de cigarros, charutos, etc., pode levar o usuário à disfunção erétil. Segundo estudos, o fumo é a principal causa de disfunção erétil. Isso ocorre pela diminuição da pressão sangüínea na região peniana.

TRATAMENTOS
O tratamento para disfunção erétil é individualizado de acordo com a causa que pode ser de origem psicológica ou resultante de uma disfunção do prórpio organismo.

Fonte: movember.com

agradecimento: Marlon Stefenon

Compartilhe Isso
- Advertisement -