Homem mata ex-companheira dentro de restaurante

Por Redação
2 Min

Natural de Candeias, o ex-presidiário, Cleiton Ramos alegou traição, como motivo para cometer o crime

o ex-presidiário, Cleiton RamosUma funcionária do Restaurante Universitário da Universidade Federal de Sergipe (UFS) foi morta a facadas, na última segunda-feira, dia 19, pelo ex-companheiro. De acordo com a Polícia, Danielle Bispo dos Santos, 28, foi atingida por 11 golpes de faca. Natural de Candeias, o ex-presidiário, Cleiton Ramos, que alegou traição, como motivo para cometer o crime, foi detido pelos seguranças do Campus e ficou nas dependências do Restaurante Universitário até a chegada da Polícia Federal. O acusado residia no bairro Urbis I em Candeias, e morava em Aracaju (SE) há mais de quatro anos.
Segundo as testemunhas, o acusado entrou normalmente na cozinha do restaurante, desarmado, quando se deparou com a vítima que começou a gritar. Para fugir do assassino, Danielle correu e tentou se esconder embaixo da pia da cozinha. Nesse instante, Cleiton pegou uma faca e começou a desferir os golpes na vítima e depois tentou o suicídio.
De acordo com a mãe da vítima, Gerusa Oliveira, Danielle estava separada do acusado e que já havia prestado queixa na delegacia por causa das ameaças.  “Minha filha morou com ele por três meses e eu vinha aconselhando ela que se separasse, mas ele estava ameaçando demais. Hoje ela prestou uma queixa contra ele, mas foi tarde demais. Eu não queria estar aqui agora para ver a minha filha morta. Ela vivia me dizendo que aqui não tem segurança e que ela já estava com medo de ele aparecer”, lamentou.
BaianaFM
Compartilhe Isso
- Advertisement -