Bandidos incendeiam cinco ônibus após operação da polícia em Tancredo Neves no combate ao tráfico de drogas

Por Redação
4 Min

Os agentes vasculharam a Estrada das BarreirasA ação dos criminosos, que ainda não foram identificados, ocorreram no final de linha do bairro, por volta das 15h30, logo após o encerramento da operação. Unidades da Polícia Militar foram acionadas e enviadas ao local.

Continua depois da Promoção

Após uma operação realizada pela polícia no bairro de Tancredo Neves, em Salvador, para combater o tráfico de drogas, cinco ônibus e uma motocicleta foram incendiados nesta quinta-feira, 8, informou a Superintendência de Telecomunicações das Polícias Civil e Militar (Stelecom). A polícia também informou que houve um arrastão na localidade.

A ação dos criminosos, que ainda não foram identificados, ocorreram no final de linha do bairro, por volta das 15h30, logo após o encerramento da operação. Unidades da Polícia Militar foram acionadas e enviadas ao local.

Segundo a Soldado Débora, da Polícia Militar, os atos de vandalismo teriam sido uma resposta à ação da polícia na localidade. A operação foi realizada por equipes das Rondas Especiais da Polícia Militar (Rondesp) e da Polícia Civil. Ao todo, 310 agentes participam da ação.
Os agentes vasculharam a Estrada das Barreiras e as localidades do Buracão, Vila Dois Irmãos, Alto do Macaco e Lages
Os agentes vasculharam a Estrada das Barreiras e as localidades do Buracão, Vila Dois Irmãos, Alto do Macaco e Lages. O objetivo da polícia era cumprir 17 mandados de prisão, por crimes como homicídio e tráfico de drogas, e 22 mandados de busca e apreensão.

Continua depois da Promoção

“A operação já acabou, mas a polícia continua no local à procura dos criminosos que incendiaram os veículos”, informou a Soldado Débora. Todo o material apreendido na operação, como drogas e armas, assim como os suspeitos detidos, foram encaminhados para a Delegacia de Repressão a Tóxicos e Entorpecentes (DTE), nos Barris.

Reação a Prisão

O homem apontado como líder da facção criminosa que domina a região da Engomadeira, em Salvador, foi morto durante a Operação Centauro, deflagrada na madrugada desta quinta-feira, 8, para combater o tráfico de drogas na localidade. Adailton Matos de Brito, conhecido como Sassá, foi baleado durante troca de tiros com a polícia. Outras dez pessoas acusadas de envolvimento com o narcotráfico foram presas.
sassa

A operação, resultado de força-tarefa desenvolvida em conjunto por equipes do Ministério Público estadual, Secretaria de Segurança Pública (SSP), e polícias Federal, Militar e Civil, tinha como objetivo o cumprimento de 22 mandados de busca e apreensão e 14 de prisão, por crimes como homicídio e tráfico de drogas.

De acordo com o promotor de Justiça Ramires Tyrone, a facção liderada por Adailton tem vinculação com a organização criminosa Comando da Paz. Outros quatro acusados estão foragidos. Com os envolvidos, alguns deles presos em flagrante, foi apreendido 1,5 kg de drogas, entre cocaína, maconha e crack (1,4 mil papelotes).

A Operação
A operação, que contou com aproximadamente 300 policiais. Os agentes vasculharam vários localidades, entre elas a Estrada das Barreiras, Buracão, Vila Dois Irmãos, Alto do Macaco e Lages. Todo o material apreendido na operação, como drogas e armas, assim como os suspeitos detidos, foram encaminhados para a Delegacia de Repressão a Tóxicos e Entorpecentes (DTE), nos Barris.

A apresentação dos suspeitos será realizada nesta sexta-feira, 9, a partir das 10h, na sede da Secretaria de Segurança Pública (SSP), no Centro Administrativo da Bahia (CAB).

Texto e Informações do Atarde Online

onibusqueimadodentro

Compartilhe Isso
- Advertisement -