Dois de Julho: fogo simbólico sai de Cachoeira no domingo

Por Redação
2 Min

A tocha passará pelas cidades de Saubara, Santo Amaro da Purificação, São Francisco do Conde, Candeias, Simões Filho até chegar, na segunda-feira, véspera do feriado, ao bairro de Pirajá em Salvador

A saída do Fogo Simbólico domingo às 7h30 de Cachoeira, no Recôncavo baiano, marca o início das  comemorações oficiais do 2 de Julho, data da Independência da Bahia. A tocha passará pelas cidades de Saubara, Santo Amaro da Purificação, São Francisco do Conde, Candeias, Simões Filho até chegar, na segunda-feira, véspera do feriado, ao bairro de Pirajá em Salvador.

fogosimbolico.jpg

Na capital, a partir das 14h,  vai ocorrer a cerimônia de hasteamento das bandeiras com a presença do prefeito ACM Neto. Mais cedo, por volta de 10h, a programação prevê celebração na Catedral Basílica no Terreiro de Jesus, pelo arcebispo de Salvador e primaz do Brasil, dom Murilo Krieger.

A comemoração ao 2 de Julho terá duas novidades  este ano: a volta da premiação das fachadas decoradas dos imóveis no percurso do cortejo (da Lapinha até o Terreiro de Jesus) — suspenso desde 2010 — e a proibição de faixas e blimps (balões de publicidade) durante os festejos. Este mês, a data foi sancionada pela Presidência da República como data histórica no calendário nacional.

Programação 2 de Julho
6h Queima de fogos no Largo da Lapinha.
9h  Hasteamento de bandeiras pelo governador Jaques Wagner e pelo prefeito ACM Neto na Lapinha.
9h30 Início do cortejo no Centro Histórico, passando pela Praça da Soledade em direção ao Pelourinho e à Praça Thomé de Souza, encerrando a programação matutina.
15h  Homenagem na Câmara Municipal aos heróis da Independência.
15h30 Início do cortejo em direção ao Campo Grande.
16h30 Previsão de chegada dos carros dos caboclos e das autoridades à Praça do Campo Grande.

Correio

Compartilhe Isso
- Advertisement -