Manifestação pacífica na região do Iguatemi em Salvador

Por Redação
2 Min
Manifestantes iniciam passeata na região do Iguatemi | FOTO: Amanda Palma/Metropress |
Manifestantes iniciam passeata na região do Iguatemi | FOTO: Amanda Palma/Metropress |

Os representantes do Movimento Passe Livre na capital Salvador, que se reúnem na tarde desta segunda-feira (17) na praça do Iguatemi, estão caminhando neste momento com o acompanhamento da Polícia Militar. Após reunião em frente ao Shopping Iguatemi, os integrantes do protesto decidiram não deixar uma parte da via livre para o tráfego de veículos. Eles vão passar pela Av. Tancredo Neves e voltam para a região do Iguatemi. Em motos e a pé, policiais acompanham a manifestação. Os manifestantes entoam cantos de protesto, como “O gigante acordou” e “Passe Livre”. O protesto segue o movimento nacional contra o aumento das tarifas de ônibus, iniciado em São Paulo, e seguido em Teresina e Belo Horizonte.

O protesto em Salvador foi organizado via redes sociais, principalmente pelo Facebook, onde 24 mil pessoas haviam confirmado a ida até as 16h. Segundo um dos manifestantes presentes, o estudante de História Marcos Musse, a presença policial é um “aviso de repressão”, já que enxerga a tendência da função “de conter a manifestação”. “A escolha do local é importante para dar visibilidade. Não é dever da polícia violar direitos humanos. É uma pena o governo do Estado esteja fazendo essa opressão”, avaliou o discente de Direito, Gerson Costa, em referência à ação policial contra os alunos de Medicina da Faculdade de Tecnologia e Ciências, que deixou pessoas feridas com bombas de gás e balas de borracha.

Informações do Bahia Notícias e Rádio Metrópole

Compartilhe Isso
- Advertisement -