Planeta é descoberto após uso da teoria de Albert Einstein

Por Redação
1 Min

planeta-albert-einsten

Pesquisadores das universidades de Harvard (EUA) e de Tel Aviv (Israel) aplicaram a Teoria Geral da Relatividade – de Albert Einsten -para encontrar novos planetas fora do Sistema Solar.

Continua depois da Promoção

Segundo os pesquisadores, o grupo analisou os efeitos descritos pelo físico Albert Einstein em 1916 – como variações na gravidade, no brilho e no reflexo da luz emitida pela estrela devido a interação com o planeta – no banco de dados da missão Kepler, da Nasa (Agência Espacial Norte-Americana), até descobrir o Kepler-76b (à esquerda).

Essa é a primeira vez que a teoria de Einstein foi usada para descobrir um planeta“, destaca Tsevi Mazeh, astrofísico da Universidade de Tel Aviv, um dos coautores do estudo.

O “Planeta de Einstein“, nome “provisório” do novo exoplaneta, é um corpo quente que orbita a cada 1,5 dia sua estrela massiva localizada na Constelação de Cisne, a cerca de 2.000 anos-luz de distância da Terra. Ele tem, ainda, um diâmetro 25% maior do que o de Júpiter e pesa o dobro do gigante gasoso do Sistema Solar.

Continua depois da Promoção

Einstein, sempre Einstein!

Compartilhe Isso
- Advertisement -