Desabafo e Denuncia de uma mãe contra Secretária de Saúde de Candeias

Por Redação
5 Min

saude

Venho por este meio de comunicação desabafar e denunciar a Secretária de Saúde de Candeias, depois de dois meses em falta de material para medição de glicose (tiras de análise) para meu filho que possui Diabetes, a Secretaria me forneceu somente uma caixa de tira com 50 un., onde o ideal e de direito ao meu filho seria 100un, e de marca diferente do aparelho que utilizávamos. Segundo informações da Srº Marília, ouve licitação pública, onde outra marca foi vencedora (Testline), sendo esta a que iria fornecer as tiras, porém, o que ocorreu foi o seguinte, a Secretaria de Saúde havia informado que iriam fornecer o medidor também, entretanto, o que ocorreu foi o descaso, foi informado que o equipamento veio com defeito e que os mesmos foram devolvidos, aí é que vem o absurdo,nos apresentaram o modelo do equipamento e local onde acharíamos, no entanto, estive em todas as farmácias de Candeias e não encontrei o mesmo.
Será que nós cidadãos que precisamos e que é garantido em lei, deveríamos comprar novamente outro equipamento? Que custa caro?
Isso significa que se houver outra licitação e outra empresa ganhar devemos novamente comprar outro equipamento? O que não é nada barato.

Continua depois da Promoção

Como diz na LEI Nº 11.347 - DE 27 DE SETEMBRO DE 2006 – DOU DE 28/9/2006.Dispõe sobre a distribuição gratuita de medicamentos e materiais necessários à sua aplicação e à monitoração da glicemia capilar aos portadores de diabetes inscritos em programas de educação para diabéticos. Mas isso aqui no Municipio não é cumprido!
Isso é um absurdo! Pois a pessoa responsável por informar as especificações do material deveria especificar da maneira correta para fazer subentender que seria aquela marca, por é de conhecimento que em licitação pública não se pode exige marca, mas como deverá ser então o procedimento para compra dessas fitas? Não foi pensado nisso antes?

A diabetes é uma doença que atinge a todos independente de classe social, por esse motivo, muitas pessoas não têm condição financeira de estar adquirindo novamente outro equipamento, como a Secretaria de Saúde irá lidar com a situação? Pois o que eu estou vivendo com meu filho é total descaso, me passaram somente 50m tiras, sendo que preciso medir três vezes ao dia , as vezes até quatro, cinquenta tiras é insuficiente. Outra observação a se fazer, como disse anteriormente, não encontrei o equipamento em nenhuma farmácia, só é vendido em Salvador em Nazaré próximo a quadra do colégio central, se tornava inviável sair de Candeias e ir até Salvador para comprar esse glicosímetro sendo que teria que medir a noite. Fui obrigada a comprar as fitas, que por sinal são caras, conseguir a mais barata na farmácia do Bompreço,no valor de R$96,00 setenta e cinco tiras.

Deixo aqui a minha denuncia e espero que se tome as providências cabíveis, pois com certeza já estou tomando as minhas, irei até o ministério público ou aonde for para denunciar essa falta de Administração que acontece na Secretaria de Saúde do município de Candeias. Quem estiver sendo prejudicado assim como eu, deixe seus comentários e compartilhem para o Maximo de pessoas que puderem,não podemos deixar de lutar por nossos direitos.Para mim no momento foi possível eu estar comprando a fita do aparelho que uso, mas, e as pessoas que não tiveram condições de comprar? Isso é vergonhoso!!! E pode até prejudicar alguém que precisa monitorar com frequência sua glicemia, esse descaso pode levar alguém a morte pessoas correm risco de vida!

Continua depois da Promoção

Estou preocupadíssima com isso e queria saber quem foi o FILHO DE UMA BOA MÃE que autorizou a troca e a compra desses aparelhos, com certeza não conhece a diabetes e não tem ninguém na família diabético!!!
Eu definitivamente não vou me calar diante dessa situação.
ELES DEVEM FORNECER O APARELHO!!!!
Revoltadissíma,
Viviane Dantas

Compartilhe Isso
- Advertisement -