Exame da OAB aprova 784 na Bahia

Por Redação
2 Min

conselho_federal_da_oab

Apenas 10,3% dos candidatos que prestaram o IX Exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), em janeiro (1ª fase) e fevereiro (2ª fase) deste ano, foram aprovados. Desse percentual, 14,5% estão no Estado da Bahia. Dos 1.279 candidatos baianos que fizeram a segunda fase do exame, 784 foram aprovados, o que representa 61%. A prova da OAB é realizada três vezes por ano.

Continua depois da Promoção

As informações foram obtidas pelo jornal A Tarde junto à OAB na segunda-feira (25). Conforme a presidente da Comissão de Estágio do Exame da instituição, Cíntia Posídio, aproximadamente cinco mil pessoas se inscreveram para realizar o exame da Ordem no Estado. “A aprovação vem mantendo a média histórica, não só na Bahia como em todo o País. Porém, a OAB não acha esse número positivo e está buscando maneiras para melhorar o índice”, disse ela.

Ensino
Cíntia Posídio ainda argumentou que o percentual revela uma deficiência do ensino jurídico. “A OAB firmou um acordo com o Ministério da Educação para definir regras para a criação de novos cursos e reconhecer como competentes os cursos existentes. Algumas faculdades facilitam tanto para o aluno que, muitas vezes, ele sai da graduação sem o conhecimento exigido e não passa no exame”, argumentou.

A especialista em direito Jocileide Lopes avaliou o nível de dificuldade da prova: “O exame é comparado a um concurso público e exige bastante do aluno. Para a pessoa passar é necessário ter conhecimentos que a prova pede”.

Continua depois da Promoção

Jornal A Tarde

Compartilhe Isso
- Advertisement -