Vulcão nas Ilhas Canárias já destruiu dezenas de casas em La Palma, que vê situação ‘devastadora’

0

A lava jorra de um vulcão no parque nacional Cumbre Vieja em El Paso, nas ilhas Canárias de La Palma Foto: REUTERS

LA PALMA, Espanha — Menos de 24 horas depois de entrar em erupção, o vulcão Cumbre Vieja deixou um rio de lava que já afeta casas na ilha de La Palma. Segundo o prefeito de El Paso, aquela região já está completamente evacuada e não há informações sobre vítimas. Centenas de pessoas foram evacuadas. O mesmo não se pode dizer em relação às infraestruturas, uma vez que cerca de 20 casas “estão completamente destruídas”, segundo Javier Rodríguez Fernández. Informações desta segunda-feira indicam que a lava já teria afetado até uma centena de habitações.

— Um fluxo de lava com uma altura média de seis metros corrói literalmente casas, infraestruturas, colheitas que encontra no caminho — explicou Mariano Hernández Zapata. O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sanchez, viaja hoje para La Palma.

As autoridades espanholas planejam retirar das zonas de La Palma mais expostas à erupção do vulcão entre 5 mil e 10 mil pessoas. Durante a madrugada, forças de segurança não pararam de trabalhar na evacuação dos moradores.

A maioria dos moradores evacuados estão num quartel em Peña Bajo. A Guardia Civil mobilizou mais de 120 agentes, de diferentes unidades, para ajudar no esquema de evacuação.

As autoridades afirmam que há várias estradas afetadas pela erupção, estando algumas delas fechadas ao trânsito por precaução.

A Sociedade Brasileira de Geologia (SBG) publicou uma nota técnica nesta sexta-feira sobre o risco de um tsunami atingir a costa brasileira em caso de erupção do vulcão. No documento, a instituição afirmou que, apesar de existir um risco e de ele ser estudado desde 1999, a probabilidade de o fenômeno ocorrer é muito baixa.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.