Guiné declara novo surto de ebola com quatro óbitos; primeira epidemia deixou cerca de 11.300 mortos

0
Foto: Morgana Wingard/divulgação/Fotos Públicas

Um novo surto de ebola foi anunciado pela Guine, na África Ocidental, neste domingo (14/2) após testes terem dado positivo para o vírus em quatro pessoas que morreram e em outras quatro que estão com sintomas. Este é o primeiro ressurgimento da doença no país desde o pior surto global, que aconteceu entre 2013 e 2016.

A primeira epidemia deixou cerca de 11.300 mortos na região. O ministro da saúde, Remy Lamah, se disse “realmente preocupado” com as mortes registradas no país. A primeira vítima recente foi uma enfermeira, que se sentiu mal em janeiro, morreu e foi enterrada em 1 de fevereiro.

“Entre os que compareceram ao funeral dela, oito pessoas apresentaram sintomas: diarreia, vômitos e sangramentos. Três deles morreram e quatro estão internados”, afirmou Sakoba Keita, da agência de saúde nacional de Guiné.

Os sobreviventes estão isolados em centros de tratamento. Vale lembrar que a Organização Mundial da Saúde (OMS) acompanha com atenção novos casos de ebola desde 2016, para evitar um novo surto da doença. Recentemente, a República Democrática do Congo foi considerada em estado de emergência.

Na ocasião, o país ficou três meses sem casos, mas na última semana foi confirmado um ressurgimento da doença. Em novembro, a República Democrática do Congo havia anunciado o fim de uma epidemia de seis meses, que totalizou 130 casos e matou 55 pessoas

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Secured By miniOrange