Diretor da OMS diz que covid-19 “não cansou” e faz apelo por vigilância elevada

0
Foto: divulgação/OMS

O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom, fez uma apelo na manhã desta quinta-feira (12/11) para que as medidas de prevenção contra o coronavírus sejam mantidas em alerta elevado pela população global.

Durante  Fórum da Paz em Paris, o chefe da OMS disse entender que depois de mais de oito meses de pandemia, o público geral se sinta cansado, mas que o vírus não mudou e continua em ativa.

Até a manhã desta quinta, a Covid-19 havia provocado a morte de pouco mais de 1,2 milhão de pessoas em todo o mundo. Desse total, 163.406 óbitos foram registrados no Brasil e 7.622 na Bahia.

“Podemos estar cansados da Covid-19, mas ela não está cansada de nós. Os países europeus estão sofrendo, mas o vírus não mudou significativamente, nem as medidas para pará-lo”, enfatizou Tedros.

Vale lembrar que o vírus é transmitido por meio de gotículas expelidas durante a tosse ou espirro de uma pessoa infectada. Essas gotículas permanecem no ar e são rapidamente depositadas em pisos ou superfícies.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.