Casa Branca prepara orçamento como se Trump tivesse ganhado eleição americana

0
Foto: Pixabay

O presidente americano Donald Trump age como se tivesse sido reeleito, de acordo com o jornal Washington Post. Ele até mandou agências federais americanas fazerem a proposta de orçamento para o próximo ano fiscal, sem levar em conta que Joe Biden foi apontado como vencedor da eleição presidencial.

Normalmente essa proposta de orçamento é feita em fevereiro, ou seja, quando Biden já teria tomado posse do cargo. A expectativa, por enquanto, é que Biden assuma a presidência em 20 de janeiro. Mas Trump tem pedido recontagem de votos, pois acredita que venceu a disputa. Ele ainda não apresentou provas de que aconteceram fraudes.

Ainda de acordo com o Washington Post, dois funcionários do governo envolvidos no novo processo orçamentário disseram ser altamente incomum para a Casa Branca não ajustar o planejamento orçamentário com base nos resultados de uma eleição. Eles reclamaram porque a Casa Branca age “como se nada tivesse acontecido”.

Mas o Diretor do Escritório de Gestão e Orçamento, Russ Vought, é considerado um dos funcionários mais leais de Trump e deve comandar essa proposta para 2021. E é uma estratégia que tem sido adotada em outras áreas. O atual governo já informou que não vai cooperar com a equipe de transição de Biden.

Biden já disse que isso não será um problema. “O fato de que eles não querem reconhecer nossa vitória neste ponto não é algo que traga muita consequência ao nosso planejamento”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.