SAO JOAO
SAO JOAO

Por que Modi parece ter perdido a eleição indiana?

Por Redação
4 Min

Modi enfrenta desafios após eleições surpreendentes na Índia

Narendra Modi tomará posse para seu terceiro mandato como primeiro-ministro da Índia no domingo após ganhar novamente nas eleições de 2024. No entanto, as eleições deste ano surpreenderam ao desferir um golpe contra o domínio de Modi e provavelmente restringirão suas tendências autocráticas.

Nunca houve dúvida de que Modi permaneceria no poder, já que não enfrentou oposição confiável nas últimas eleições. Esperava-se que consolidasse ainda mais seu controle sobre a política indiana. No entanto, o Partido Bharatiya Janata (BJP) de Modi perdeu um grande número de assentos parlamentares para uma coalizão de oposição revitalizada, incluindo em estados onde era popular, como Uttar Pradesh.

Modi prometeu conquistar mais de 400 cadeiras, mas não conseguiu alcançar esse objetivo. Isso resultou em sua necessidade de formar um governo com aliados, algo inédito desde que chegou ao poder. Essa situação implica em restrições à sua liderança autoritária, com uma coalizão de oposição renovada e possíveis desafios dentro de sua própria coalizão.

Apesar de sua popularidade, o BJP não conseguiu atender às metas econômicas de muitos indianos, o que foi evidenciado pelas preocupações com desemprego e inflação. A oposição focou nessas questões, desviando a atenção do nacionalismo hindu e do culto à personalidade que caracterizaram as campanhas de Modi e impulsionando o Partido do Congresso a vitórias surpreendentes.

Importância das eleições em Uttar Pradesh

A derrota do BJP em Uttar Pradesh, estado mais populoso da Índia, foi simbólica e politicamente significativa. A perda maciça nesse estado, onde o BJP construiu um templo para o deus Ram, foi uma das maiores surpresas da eleição. Além disso, o BJP também perdeu cadeiras em outros estados importantes, como Maharashtra, Haryana, Rajasthan e Punjab.

A inflação e a falta de criação de empregos foram os principais fatores que contribuíram para as perdas do BJP. Além disso, as preocupações dos muçulmanos e das castas marginalizadas sobre suas proteções constitucionais sob Modi também desempenharam um papel.

A campanha da oposição, liderada por Rahul Gandhi, destacou as preocupações econômicas, de direitos e desigualdade dos eleitores, enfatizando a importância da constituição. Isso pode ter afetado o voto de eleitores de castas marginalizadas, que têm direitos garantidos pela constituição.

Restrições no governo de Modi

Após a eleição, o BJP perdeu 63 das cadeiras que detinha anteriormente na Lok Sabha, não obtendo maioria. Isso significa que Modi enfrentará mais atritos, tanto da oposição quanto possivelmente de dentro de sua coalizão. O partido agora terá que lidar com parceiros regionais e estaduais para governar.

Líderes dos partidos aliados não concordam com Modi em questões importantes, o que pode fragilizar a coalizão. Essas divergências podem levar a uma governança mais desafiadora para o BJP. A oposição forte também tornará o parlamento um local de debate e contestação vigorosos, limitando a capacidade do BJP de aprovar leis sem questionamentos.

Apesar dos desafios, Modi é um político experiente e carismático, com um grande apoio popular. As eleições deste ano mostraram que a tendência ao populismo e ao autoritarismo tem limites nas sociedades democráticas, e que os princípios democráticos e constitucionais ainda são valorizados pelos eleitores indianos.

Via @iNoticias

Por que Modi parece ter perdido a eleição indiana?

Compartilhe Isso
- Advertisement -