Advogado aciona MPF contra publicidade da Fatal Model na camisa do Vitória.

Por Redação
2 Min

Advogado de Brasília solicita suspensão de publicidade da Fatal Model em jogos do Vitória

Um advogado de Brasília protocolou uma representação no Ministério Público Federal (MPF), solicitando a análise e a suspensão da publicidade da empresa Fatal Model, patrocínio Master do Esporte Clube Vitória, em jogos da Série A do Campeonato Brasileiro. A informação é do portal Jota.

O autor da representação é o advogado Antonio Rodrigo Machado, do escritório Antonio Rodrigo Advocacia Associada. O site informa que o escritório tem sede em Brasília e representações em Campinas, São Paulo e Campo Grande.

Além do MPF, a representação foi encaminhada ao Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) e ao Procon do Rio de Janeiro. O advogado aponta que esses órgãos têm responsabilidade na fiscalização do conteúdo das transmissões esportivas e na proteção dos direitos do consumidor. A Rede Globo, detentora dos direitos de transmissão da Série A, também foi notificada pelo advogado.

A Fatal Model patrocina também outros clubes como Tombense, Uberlândia, Patrocinense e Ipatinga, além da Ponte Preta, de Campinas. Nenhum deles disputa a Série A do Brasileirão.

O contrato entre Vitória e Fatal Model foi inicialmente para as mangas do uniforme em 2023, mas foi renovado em julho do mesmo ano, elevando a empresa a principal anunciante do clube, sem divulgação dos valores.

A empresa defendeu-se, alegando conformidade com os regulamentos e classificando a questão como moral.

Compartilhe Isso
- Advertisement -