Leila Pereira pede banimento de John Textor do Botafogo

Por Redação
2 Min

Leila Pereira, presidente do Palmeiras, voltou a criticar o dono da SAF do Botafogo, John Textor, pelas acusações de manipulação de resultados em jogos do Alviverde no Brasileirão.

Em entrevista ao programa Roda Viva na segunda-feira (22), a mandatária reforçou que entrou com uma ação contra o empresário e o chamou de ‘idiota’ pela sua postura.

“Na Justiça, com relação ao Palmeiras já entramos com uma ação cível contra ele (Textor) e pedimos abertura de inquérito policial para se apurar essas denúncias que ele está fazendo, porque ele continua falando, falando, falando, e não prova absolutamente nada. Eu acho uma aberração, acho uma vergonha”, disse.

“Não adianta ficar pensando o que se passa na cabeça dele, eu sei o que se passa na cabeça dele. Esse senhor, desculpa a expressão, é um idiota. O que esse John Textor está achando é que o Brasil é uma bagunça, que as autoridades não tomam providência nenhuma. Para coibir isso, esse homem tem que ser banido do futebol brasileiro”, completou.

Leila ainda destacou que pensa que Textor ‘ficou louco’ pela perda do Brasileirão de 2023 e que tudo começou depois da derrota por 4 a 3 para o próprio Palmeiras.

“Como eu posso ficar falando sem provas. Você não pode ficar falando sem provas. Isso é irresponsabilidade. Eu acho que ele ficou louco por causa disso (perda do título). Tudo começou nos 4 a 3 do Palmeiras”, finalizou.

Nas últimas semanas, Textor fez denúncias afirmando que o Brasileirão sofreu manipulação em jogos do Palmeiras em 2022 e 2023. As declarações fizeram com que o Senado o convocasse para prestar seu testemunho.

Compartilhe Isso
- Advertisement -