Diretor de futebol assume culpa por dispensa de Luan do Vitória

Por Redação
3 Min

Nesta terça-feira (23), em entrevista coletiva, Ítalo Rodrigues, diretor de futebol do Esporte Clube Vitória, justificou a rescisão com Luan devido à baixa perspectiva que o meia tinha de ganhar minutos em campo.

O atleta, que foi dispensado na última sexta-feira (19), precisa de sequência, segundo o diretor de futebol do clube.

“Tudo que acontece com o futebol do Vitória é responsabilidade do diretor. Eu sou responsável por tudo que acontece com o futebol do Vitória. A partir do momento que a gente entende que Luan não estava tendo uma minutagem mediana para alta, que não tinha perspectiva de jogar de uma forma contínua, a gente achou interessante que ele pudesse ficar livre para seguir o caminho dele e ter uma sequência, porque é isso que ele precisa”, disse Ítalo.

Pelo Vitória, Luan participou de seis jogos e deu uma assistência para Luiz Adriano, contra o Treze-PB, pela Copa do Nordeste. O atleta tinha um contrato de produtividade com o Leão e não rendeu o que era esperado pela torcida e comissão técnica.

Durante a entrevista coletiva realizada nesta terça-feira (23), Ítalo Rodrigues, diretor de futebol do Esporte Clube Vitória, explicou os motivos que levaram à rescisão do contrato com o jogador Luan. De acordo com o dirigente, a decisão foi tomada devido à falta de oportunidades para o atleta atuar em campo.

Segundo Ítalo, a dispensa de Luan, que ocorreu na última sexta-feira (19), se deu pelo fato de que o jogador necessita de uma sequência de jogos para desenvolver todo o seu potencial. O diretor ressaltou que é de sua responsabilidade todas as decisões relacionadas ao futebol do Vitória.

Ao longo de sua passagem pelo clube, Luan participou de seis partidas e contribuiu com uma assistência para Luiz Adriano em um jogo contra o Treze-PB pela Copa do Nordeste. Apesar de um contrato baseado em produtividade, o jogador não conseguiu atingir as expectativas da torcida e da comissão técnica do Vitória.

Nesse sentido, a rescisão do contrato de Luan foi uma decisão tomada visando o melhor interesse do jogador e do clube, permitindo que ele busque novas oportunidades para dar continuidade em sua carreira profissional. A saída do meia do Esporte Clube Vitória representa um novo capítulo na história do clube baiano, que continua em busca de reforços e soluções para melhorar seu desempenho em campo.

Compartilhe Isso
- Advertisement -