Bahia recebe o Grêmio na Fonte Nova em duelo com cara de Série A

0

 

ESPORTE
Na foto: Lateral Matheus Bahia chuta bola para marcar primeiro gol do Bahia no triunfo de 3 a 1 sobre o Grêmio, pela Série A do Brasileirão 2021
Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia
Data: 26/11/2021

Em boa situação na tábua de classificação da Série B do Campeonato Brasileiro, Bahia, terceiro, e Grêmio, quarto colocado, se enfrentam hoje, às 16h, na Arena Fonte Nova, em duelo com cara de Série A, até mesmo por se tratar de um duelo, válido pela 16ª rodada, entre dois bi-campeões brasileiros,  e por se tratar de duas das equipes favoritas ao acesso.

Além de ter um ‘Q’ de confronto de elite, a partida é aquele velho jogo de seis pontos. Caso o Esquadrão vença o confronto, chega a 31 pontos, abre uma bela vantagem de seis pontos do time gaúcho e ainda pode assumir a vice-liderança – basta que o Vasco, que enfrenta o Sport, também hoje, na ganhe.

Para o Grêmio, mesmo não podendo ultrapassar o Bahia em caso de vitória, já que mesmo vencendo chega aos mesmos 28 pontos, mas fica com apenas sete vitórias enquanto o time baiano tem nove, ganhar o ajuda a não deixar os três primeiros (Cruzeiro, Vasco e Bahia), dispararem.

“Acredito que seja uma partida tão importante como todas que serão. É um clube bem estruturado, que tem um bom time, como todos que estão na luta pela classificação e no nosso grupo. Acho que não temos rivais fáceis. Vamos tentar tirar o melhor proveito diante do Grêmio”, afirmou o atacante Raí Nascimento, que teve o contrato renovado até o final do ano e deve ser titular no lugar de Rildo.

“Estamos pensando a cada jogo, e cada jogo é importante triunfar, sair com os três pontos e nos mantermos no G-4”, disse o atacante do Bahia.

A partida, diante da nação tricolor, vai marcar também a estreia oficial do técnico Enderson Moreira.

Opções

O técnico do Bahia terá o retorno do lateral-direito titular Douglas Borel, que cumpriu suspensão automática no duelo com o Brusque. Resta saber se Enderson manterá o jovem André, de 18 anos, ou se optará por Borel.

Por outro lado, a maior dúvida fica no ataque. Sem poder contar com Rildo, que pertence ao Grêmio e recebeu o terceiro cartão amarelo e cumpre suspensão automática hoje, Enderson  Moreira precisa escolher entre Raí Nascimento, Vítor Jacaré e Davó para preencher a vaga para jogar ao lado do atacante colombiano Hugo Rodallega.

Outra dúvida é se Enderson manterá o meio de campo formado por Patrick de Lucca, Rezende, Daniel e Lucas Mugni ou se abrirá mão de um meia e voltará a usar o mesmo 4-3-3 de Guto Ferreira, com dois pontas abertos pelos lados e um centroavante.

Já o técnico Roger Machado terá um grande reforço para o duelo de hoje. O atacante Ferreira, de 24 anos e que realizou cirurgia para correção de uma hérnia inguinal no dia 11 de maio, voltou a ficar à disposição e viajou com a delegação para Salvador. O Grêmio vem de nove partidas de invencibilidade na Série B.

O atacante Diego Souza mostrou otimismo em sair com o resultado positivo de Salvador. “Jogo muito difícil, Bahia é time jovem, com bons jogadores, mas sempre falo, é o Grêmio, tem que ter atitude independente de onde jogar. Sabemos da importância, nos concretiza real no G-4, onde pode abrir mais pontos. Temos que ter na cabeça que chegamos de vez no G-4 e no campeonato”, afirmou.

Desvantagem

Bahia e Grêmio já se enfrentaram 53 vezes na história, e o time gaúcho tem boa vantagem nos confrontos. O Esquadrão venceu 14 e perdeu 23, além de 16 empates.

A última vez em que as equipes duelaram foi na Série A do ano passado, quando o Bahia venceu por 3 a 1 a partida, válida pela 36ª rodada, e praticamente decretou o rebaixamento do adversário.

“Águas passadas, não interfere em nada, grupo quase novo para jogar esse jogo”, afirmou Diego Souza.

FICHA TÉCNICA:

Bahia x Grêmio – 16ª rodada do Brasileirão Série B

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador-BA, às 16h

Árbitro:  Raphael Claus (SP)

Assistentes:  Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ)

Bahia – Danilo Fernandes; D. Borel (André), Ignácio, Luiz Otávio e Matheus Bahia; Patrick de Lucca, Rezende e Daniel; Lucas Mugni (Jacaré), Raí Nascimento e Hugo Rodallega. Técnica: Enderson Moreira

Grêmio – Gabriel Grando; Rodrigo Ferreira, Pedro Geromel, Bruno Alves e Nicolas; L. Silva (T. Santos), Bitello e Campaz; Janderson, Elias e Diego Souza. Técnico: Roger Machado

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.