Os cinco brasileiros mais caros de todos os tempos

0
Foto: Divulgação

Devido a um longo histórico de exportações brasileiras de sucesso, que se estende por décadas, os jogadores brasileiros possuem um preço alto. Claro, o mercado de transferências inflado também não ajuda, mas como os gigantes europeus procuram no Brasil pelo próximo Neymar, pode custar vários milhões para atraí-los para longe de sua terra natal.

Embora os brasileiros possam aumentar as odds para una aposta online, nem todas as caras estrelas da Seleção provaram seu valor. Então, vamos dar uma olhada nos cinco brasileiros mais caros de todos os tempos e ver como eles se saíram após suas grandes movimentações de dinheiro.

Neymar – Paris Saint-Germain – US$222 milhões

A qualidade de Neymar era evidente desde muito jovem. Com apenas 17 anos, ele era o alvo de alguns dos maiores clubes do mundo e, por fim, o Barcelona garantiu seus serviços por incríveis US$ 60 milhões. No entanto, depois de apenas quatro anos no Camp Nou, onde ganhou vários troféus, o grande atacante se mudou para o Paris Saint-Germain por US$ 222 milhões de dólares, tornando-o não apenas o mais brasileiro de todos os tempos, mas o jogador mais caro da história.

Philippe Coutinho – Barcelona – US$142 milhões

Quando Philippe Coutinho chegou ao Liverpool vindo da Inter de Milão em janeiro de 2013 por menos de US$ 10 milhões, poucos teriam previsto a ascensão de uma estrela. Ele não conseguiu fazer seu nome na Itália, e houve pouco exagero em torno da transferência para Anfield. No entanto, ele se tornou um jogador-chave para o Liverpool, e depois de cinco anos no clube, o Barça mergulhou com uma oferta enorme de US$ 142 milhões. É justo dizer que as coisas não deram certo para Coutinho no clube catalão, e os rumores de sua saída do Camp Nou nunca estão longe.

Alisson – Liverpool – US$75 milhões

Após o desempenho horrível de Loris Karius na final da Liga dos Campeões de 2018 contra o Real, era evidente que a chave do sucesso para os Reds seria ter um goleiro de qualidade. Então, eles não pararam de caçar naquele verão europeu e, após a Copa do Mundo da Rússia, Alisson foi trazido da Roma por US$ 75 milhões. A transferência valeu a pena, com o brasileiro ajudando o Liverpool a vencer a Premier League e a Champions League.

Kaká – Real Madri – US$67 milhões

Felizmente para Coutinho, ele não é o único brasileiro a ir mal na Liga espanhola. Na verdade, até o vencedor do Ballon d’Or, Kaká, lutou para se firmar na Espanha. Depois de um gigantesco sucesso no Milan, o Real Madri atraiu o meio-campista para o Santiago Bernabéu. Porém, a essa altura, o brasileiro começava a lutar contra as lesões e sua carreira madrilena nunca atingiu o nível esperado. Depois de quatro anos, ele foi devolvido a Milão de graça.

Oscar – Shanghai SIPG – US$60 milhões

Oscar chegou ao Chelsea vindo do Internacional por US$ 25 milhões em 2012 com apenas 20 anos, e se tornou um sucesso instantâneo em Stamford Bridge. Ao longo das seguintes quatro temporadas e meia, ele fez mais de 200 jogos pelos Blues, ganhando dois títulos da Premier League, a Copa da Liga e a Liga Europa. No entanto, em 2017, com apenas 25 anos, ele foi vendido para a Superliga Chinesa com o Shanghai SIPG pagando US$ 60 milhões pelo meio-campista. Ele ainda está no clube asiático agora, e você não pode deixar de pensar que ele era um talento desperdiçado.

 

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Secured By miniOrange