Acompanhe as últimas notícias da Cidade de Candeias na Bahia com credibilidade na informação sobre política, esportes e ações policias da região.

Vitória tropeça, empata sem gols com o Atlético Goianiense e segue ameaçado pelo Z4

Por: Maurícia da Matta / EC Vitória

Pouco mais de sete mil torcedores foram até a Arena Fonte Nova prestigiar a estreia do técnico Geninho e apoiar o Vitória na partida que terminou em 0 a 0 diante do Atlético Goianiense. Com o empate, o Vitória soma mais um ponto e também marca um novo tropeço dentro de casa.

Com o resultado, o Leão chegou aos 25 pontos e se manteve na 16ª colocação. O Atlético Goianiense foi aos 41 pontos e se manteve na segundo posição, dentro da zona de acesso à Série A.

Na próxima rodada, a 25º, o Vitória vai até Bragança Paulista enfrentar o líder Bragantino, domingo (29), às 16h.

PRIMEIRO TEMPO
O Vitória começou bem a partida contra o Atlético Goianiense, mas esbarrou no goleiro Koslinski , responsável por segurar o placar o finalizar o primeiro tempo sem gols. Mais agressivo, o Vitória sobrou um pouco em campo, mas não o suficiente para sair na frente do placar. Gedoz foi o nome do primeiro tempo. Ele levou perigo em lances de bola parada e chutes de fora da área. Veja como foi:

Aos 16, Gedoz bateu falta por baixo. Bola passou no meio da barreira e foi no canto, exigindo a primeira defesa de Kozlinski. Gedoz mais uma vez levou perigo ao gol do Atlético. Em nova cobrança de falta, o meia acertou o canto, mas Kozlinski mais uma vez fez a defesa.

DE NOVO GEDOZ! Antes do fim do primeiro tempo, Anselmo Ramon fez a parede na entrada da área do Atlético, protegeu a bola para Gedoz, que chutou de primeira. Koslinski fez linda defesa, com a ponta dos dedos, e impediu um golaço do meia do Vitória.

SEGUNDO TEMPO
A etapa complementar não foi tão boa quanto a primeira. As equipe tiveram pouquíssimas chances de gol. Na melhor dela, o Atlético Goianiense levou perigo aos 15 minutos. Jorginho disparou pela esquerda em rápido contra-ataque, e passou para Rodrigo Rodrigues, que estava livre de marcação, mas o atacante se atrapalhou na hora de dominar e perdeu o tempo da bola.

O jogo ganhou emoção do finalzinho. Primeiro com Chiquinho, aos 36, assustando o goleiro do Dragão. Em cobrança de falta, ele bateu forte, mas bola passa perigosamente ao lado do gol do Atlético-GO. Depois foi a vez do Atlético Goianiense assustar. Rodrigo Rodrigues recebeu ótimo passe, dominou e chutou forte. Martín Rodríguez fez a defesa e mandou a bola para escanteio.

Na sequência, heróico, Capa salvou o que seria o primeiro gol do jogo. Aos 40 minutos, escanteio é cobrado no meio da área do Vitória, Rodrigo Rodrigues desviou e o lateral-esquerdo salvou em cima da linha. Jorginho pegou a sobra e chutou, mas o goleiro Martín Rodríguez fez a defesa.

DE NOVO KOZLINSKI! Chiquinho lançou a bola para a área, Eron desviou e o goleiro Kozlinski fez outra grande defesa.

Fim de papo na Fonte Nova!

  1. Eddy Fagundes
    Eddy Fagundes Diz

    Vai cair, vai cair kkkkk

  2. Alan Banks
    Alan Banks Diz

    Vai falar que é culpa do treinador aí não tem jeito mais não kkkkk

  3. Jonathan Lima
    Jonathan Lima Diz

    Mas um treinador que vai se queimar nesse time kkkk pq pra eles é o técnico que não presta já são 6 kkkkk

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.