Vitória tropeça, empata sem gols com o Atlético Goianiense e segue ameaçado pelo Z4

3

Por: Maurícia da Matta / EC Vitória

Pouco mais de sete mil torcedores foram até a Arena Fonte Nova prestigiar a estreia do técnico Geninho e apoiar o Vitória na partida que terminou em 0 a 0 diante do Atlético Goianiense. Com o empate, o Vitória soma mais um ponto e também marca um novo tropeço dentro de casa.

Com o resultado, o Leão chegou aos 25 pontos e se manteve na 16ª colocação. O Atlético Goianiense foi aos 41 pontos e se manteve na segundo posição, dentro da zona de acesso à Série A.

Na próxima rodada, a 25º, o Vitória vai até Bragança Paulista enfrentar o líder Bragantino, domingo (29), às 16h.

PRIMEIRO TEMPO
O Vitória começou bem a partida contra o Atlético Goianiense, mas esbarrou no goleiro Koslinski , responsável por segurar o placar o finalizar o primeiro tempo sem gols. Mais agressivo, o Vitória sobrou um pouco em campo, mas não o suficiente para sair na frente do placar. Gedoz foi o nome do primeiro tempo. Ele levou perigo em lances de bola parada e chutes de fora da área. Veja como foi:

Aos 16, Gedoz bateu falta por baixo. Bola passou no meio da barreira e foi no canto, exigindo a primeira defesa de Kozlinski. Gedoz mais uma vez levou perigo ao gol do Atlético. Em nova cobrança de falta, o meia acertou o canto, mas Kozlinski mais uma vez fez a defesa.

DE NOVO GEDOZ! Antes do fim do primeiro tempo, Anselmo Ramon fez a parede na entrada da área do Atlético, protegeu a bola para Gedoz, que chutou de primeira. Koslinski fez linda defesa, com a ponta dos dedos, e impediu um golaço do meia do Vitória.

SEGUNDO TEMPO
A etapa complementar não foi tão boa quanto a primeira. As equipe tiveram pouquíssimas chances de gol. Na melhor dela, o Atlético Goianiense levou perigo aos 15 minutos. Jorginho disparou pela esquerda em rápido contra-ataque, e passou para Rodrigo Rodrigues, que estava livre de marcação, mas o atacante se atrapalhou na hora de dominar e perdeu o tempo da bola.

O jogo ganhou emoção do finalzinho. Primeiro com Chiquinho, aos 36, assustando o goleiro do Dragão. Em cobrança de falta, ele bateu forte, mas bola passa perigosamente ao lado do gol do Atlético-GO. Depois foi a vez do Atlético Goianiense assustar. Rodrigo Rodrigues recebeu ótimo passe, dominou e chutou forte. Martín Rodríguez fez a defesa e mandou a bola para escanteio.

Na sequência, heróico, Capa salvou o que seria o primeiro gol do jogo. Aos 40 minutos, escanteio é cobrado no meio da área do Vitória, Rodrigo Rodrigues desviou e o lateral-esquerdo salvou em cima da linha. Jorginho pegou a sobra e chutou, mas o goleiro Martín Rodríguez fez a defesa.

DE NOVO KOZLINSKI! Chiquinho lançou a bola para a área, Eron desviou e o goleiro Kozlinski fez outra grande defesa.

Fim de papo na Fonte Nova!

  1. Eddy Fagundes Diz

    Vai cair, vai cair kkkkk

  2. Alan Banks Diz

    Vai falar que é culpa do treinador aí não tem jeito mais não kkkkk

  3. Jonathan Lima Diz

    Mas um treinador que vai se queimar nesse time kkkk pq pra eles é o técnico que não presta já são 6 kkkkk

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Secured By miniOrange