Ana Hickmann desabafa após derrota na Justiça contra o marido

Redação Redação 131.5k vistos
4 Min

Ana Hickmann usou as redes sociais na manhã desta quarta-feira (29/11), para compartilhar um desabafo após sofrer a primeira derrota na disputa judicial contra o marido Alexandre Correa, acusado de agredir a apresentadora.

“Deus não permite que as coisas aconteçam para bagunçar a nossa vida. Tenha fé, o seu agir está fazendo as mudanças necessárias. Deus te fará vencer e te honrará. Ele já está preparando um propósito grandioso. Tenha paciência, todo processo exige tempo. Deus vai agir no momento certo”, compartilhou Ana nos Stories do Instagram.

Ana Hickmann teria sofrido uma derrota para Alexandre Correa na Justiça após entrar com o pedido de divórcio com base na lei Maria da Penha.

O juiz da 1ª Vara Criminal e de Violência Doméstica e Familiar de São Paulo negou o pedido de Ana Hickmann para que seu divórcio fosse autorizado com base na Lei Maria da Penha. A decisão foi anunciada ao G1, na manhã desta quarta-feira (29/11), pelo advogado de Alexandre Correa, marido da apresentadora.

Enio Martins Murad relatou ao portal que, a partir dessa decisão da Justiça, os trâmites para a separação litigiosa do casal vai tramitar pela Vara de Família e não mais pela Vara de Violência Doméstica, como é de praxe quando a solicitação é feita pela Lei Maria da Penha.

A confirmação de que o processo de divórcio havis sido apoiado nessa lei foi feita pela própria apresentadora, que conversou com Carolina Ferraz para o Domingo Espetacular, no último fim de semana. Na ocasião, Ana Hickmann explicou que não pediu medida protetiva contra Alexandre no dia da agressão por vergonha.

“Dei entrada pela Maria da Penha. A lei está aí para nos proteger. Foi criada por conta de uma mulher que foi vítima disso e tantas outras que também foram vítimas. A lei, que é cada vez mais forte, me protegeu”, afirmou.

O caso Ana Hickmann
Ana Hickmann denunciou seu marido, Alexandre Correa, por violência doméstica, após ser agredida durante uma discussão na residência em que o casal morava, em Itu, interior de São Paulo. A artista buscou atendimento médico no Hospital São Camilo após o episódio, que diagnosticou uma contusão no cotovelo esquerdo, orientando-a usar uma tipoia, depois de realizar um raio-x.

No documento, ela relatou que as agressões começaram na frente do filho do casal, Alezinho, de 10 anos. Alexandre teria começado uma discussão na presença do menino, que ficou assustado com os ânimos dos pais, pedindo que ambos parassem de brigar. Como o conflito seguiu, Alezinho saiu correndo no momento em que Correa pressionou Ana contra a parede, ameaçando desferir uma cabeçada.

Em seguida, Hickmann conseguiu afastar Correa e ao tentar pegar o celular, que estava em uma área externa da casa, ele fechou repentinamente uma porta de correr, pressionando o braço esquerdo da mulher. Funcionários da casa também estavam com Ana Hickmann no momento que a confusão que começou. Um deles se apresentou como testemunha e foi citado na delação da artista contra o esposo. Alexandre já tinha saído quando a diligência chegou no local.

Compartilhe Isso
- Advertisement -