Acompanhe as últimas notícias da Cidade de Candeias na Bahia com credibilidade na informação sobre política, esportes e ações policias da região.

Iron Maiden paga R$ 450 mil para encerrar processo de plágio

© Getty Images

Os ingleses do Iron Maiden decidiram desembolsar 100 mil libras, algo em torno de R$ 450 mil, para encerrar um processo no qual são acusados de usarem trechos plagiados na letra da música “Hallowed Be Thy Name”, de 1982.

O processo foi movido pelo ex-empresário da banda Beckett, Barry McKay. De acordo com ele, o grupo liderado por Steve Harris teria se inspirado na letra de “Life’s Shadow”, que diz: “Others are glad to see him gone / Mark my words my soul lives on” – em “Hallowed be Thy Name” consta o trecho “Mark my words believe my soul lives on / Don’t worry now that I have gone”.

“Nós não acreditamos que foi Brian Quinn quem escreveu estas frases em questão há 40 anos, como foi alegado por Barry McKay. No entanto, devido a quantias crescentes em taxas legais e o possível custo enorme de um caso em tribunal, nós achamos pragmático chegar a um acordo com esta ação por £100 mil, uma fração do que ele pedia no processo. Um litigante em série como Mr. McKay provavelmente previu isto”, afirmou, segundo o portal Omelete, um porta-voz do Iron Maiden.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.