Edir Macedo contrai coronavírus meses após atribuir doença a “Satanás”; bispo foi tratado com cloroquina

0
Foto: arquivo pessoal/Facebook Edir Macedo

 

O fundador da Igreja Universal, bispo Edir Macedo, de 75 anos, estava internado com coronavírus desde a última segunda-feira (8/6) no Hospital Moriah, em São Paulo. A informação só foi dada nesta sexta-feira (12/6), dia em que o religioso recebeu alta médica.

Segundo nota publicada no site da própria Igreja Universal, o bispo foi tratado com um coquetel de medicamentos que incluía a cloroquina e está completamente recuperado. “Tomei todos os medicamentos indicados pelos médicos, entre eles a hidroxicloroquina, e estou bem”, afirmou Macedo.

Em março, o líder subestimou a pandemia, dizendo as pessoas não deveriam ter motivos para preocupação. “Meu amigo e minha amiga, não se preocupe com o coronavírus. Porque essa é a tática, ou mais uma tática, de Satanás. Satanás trabalha com o medo, o pavor. Trabalha com a dúvida. E quando as pessoas ficam apavoradas, com medo, em dúvida, as pessoas ficam fracas, débeis e suscetíveis”, disse ele na oportunidade, em vídeo.

A equipe médica do hospital onde o bispo foi tratado disse que ele respondeu muito bem ao tratamento. “Evoluiu sem intercorrências, apresentou uma ótima evolução clínica e se recuperou totalmente”, disse o cardiologista Leandro Echenique.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Secured By miniOrange