Criança tem pernas dilaceradas por carro alegórico na abertura do Carnaval no Rio

0

Uma menina de 11 anos foi internada em estado grave no Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro do Rio, após sofrer um acidente na dispersão do Sambódromo do Rio, no final da noite desta quarta-feira (20), na abertura do Carnaval na Marquês de Sapucaí.

A criança teve as pernas prensadas entre um carro alegórico da escola de samba Em Cima da Hora e um poste na rua Frei Caneca. A Em Cima da Hora foi a primeira a desfilar na Série Ouro do Carnaval.

Ela teria subido no carro alegórico após se afastar da mãe, que estava em uma lanchonete nas proximidades. A menina foi socorrida no posto médico do Sambódromo e, em seguida, transferida para o Souza Aguiar.

O desfile das escolas chegou a ser interrompido para a realização de perícia no local do acidente, o que atrasou em cerca de uma hora a entrada no Sambódromo da Unidos da Ponte, a terceira a desfilar.

Em 2017, um acidente com um carro alegórico da escola de samba Paraíso do Tuiuti deixou 20 pessoas feridas no Sambódromo, na primeira noite de desfiles do Grupo Especial do Rio.

As vítimas foram prensadas pelo último carro alegórico da escola, que abriu os desfiles após subir para a primeira divisão do Carnaval carioca. Quando entrava no sambódromo, ele avançou sem controle para a esquerda sobre a grade da arquibancada.

Adiado para abril devido à pandemia da Covid-19, o Carnaval 2022 no Rio é realizado na Marquês de Sapucaí, na Estrada Intendente Magalhães, na zona norte, e no Terreirão do Samba, onde há atrações musicais. O Carnaval de rua foi cancelado na cidade.

São seis dias de desfile no Sambódromo do Rio. Os dois primeiros dias foram reservados para os desfiles da Série Ouro, organizados pela Liga RJ. Na sexta (22) e no sábado (23) serão realizadas as apresentações das escolas do Grupo Especial, da Liesa (Grupo Especial das Escolas de Samba). E no domingo (24) será a vez dos desfiles das crianças.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.