Prefeitura se reúne com empresários do entretenimento para falar sobre Carnaval 2021; “pedi paciência”

0
Por: BNews

O retorno dos grandes eventos em Salvador ainda segue sem definição, segundo o prefeito ACM Neto (DEM) disse nesta quinta-feira (8/10). Ele revelou que, na quarta-feira, teve uma reunião com empresários do ramo. Em pauta, foram discutidas a volta de festas e a data do Carnaval em 2021.

Ainda segundo Neto, os empresários pediram a elaboração de um calendário para a retomada do setor, além de incentivos fiscais para minimizar o impacto econômico gerado pela parada de atividades durante a Covid-19. “Ouvi as revindicações deles: uma dos protocolos a retomada de eventos na cidade, outra a do carnaval em si. Mostrei as dificuldade que temos de ter protocolos em Salvador. Pedi paciência”, ressaltou.

O prefeito estabeleceu o mês de novembro como limite para um posicionamento sobre o Carnaval 2021. “Eu estou aguardando a possibilidade de uma vacina, então estou aguardando um cenário mais claro. Eles [empresários] entenderam e respeitaram. Não há como imaginarmos não só o Carnaval, como grandes eventos, sem uma vacina. Com isso não há segurança de falar de uma reabertura”, completou o gestor municipal.

VERÃO

Apesar do cenário de indefinições, Neto se mostrou otimista quanto à chegada do Verão e os “frutos econômicos” que a estação mais quente do ano pode render para Salvador.  “No nosso plano de apoio aos setores, tem um grupo de ação voltada para área do turismo. A prioridade do verão nesse ano será o turismo nacional. Nós não estamos desanimados pelo ano. Não deveremos ter a Virada, as grandes festas de largo, mas não tenho dúvida que estaremos entre as três cidades destino do verão do Brasil, mas respeitando os protocolos. A gente vai ter que se adequar à nova realidade”.

AMBULANTES

Questionado sobre o protesto feito por ambulantes nesta última quarta-feira (7/10), o gestor municipal diz entender a cobrança dos profissionais, porém, não pode, neste momento, autorizar o retorno das atividades econômicas na areia das praias de Salvador.

“Continuamos com a faixa de areia interditada, já disse diversas vezes meu respeito a essas pessoas que trabalham nas praias, tanto que a Prefeitura está dando um auxílio desde o início da pandemia, no entanto, por conta dos cuidados que temos que ter, não é possível autorizar essa retomada do comércio. Compreendo o drama dessas pessoas, mas neste monento, não temos alternativa”, concluiu.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Secured By miniOrange