Produção de ‘A Fazenda’ alerta participantes após caso de homofobia

Por Redação
2 Min
Produção de 'A Fazenda' alerta participantes após caso de homofobia
Foto: Record TV

A produção de ‘A Fazenda 15’, por meio de Adriane Galisteu, apresentadora da atração, se pronunciou sobre as declarações homofóbicas feitas por participantes do programa que resultaram em um pedido de expulsão por parte do público.

Durante o ao vivo da última quarta-feira (4), a apresentadora alertou os participantes sobre as falas que foram direcionadas ao ex-militar Lucas Souza.

Sem citar nomes, Galisteu afirmou que novos episódios não seriam tolerados.

“Nós já deixamos claro que, se fosse necessário, alertaríamos vocês sobre assédio, racismo e homofobia. Chegou esse momento. Na última madrugada, no meio das discussões foram ditas frases para um peão e a respeito dele de teor homofóbico. Independentemente da orientação sexual de alguém isso é inaceitável.”

iBahia
Reprodução/ Twitter
A apresentadora condenou as declarações homofóbicas, uma delas feita por Yuri Meirelles, que contracenou em clipe com Anitta. “No mundo em que vivemos hoje, já passou da hora da homofobia ou qualquer outra LGBTfobia acabar de vez. Para que ela acabe de fato só depende de nós. Não existe e não pode mais existir espaço para esse tipo de comportamento.”

As falas foram feitas na madrugada da última quarta-feira (4), durante uma confusão generalizada envolvendo Lucas Souza, Yuri Meirelles, Cariúcha, Laranjinha e Tonzão.

Compartilhe Isso
- Advertisement -