Contas do Luva de Pedreiro estão quase zeradas mesmo após contrato milionário, diz site

Jovem influenciador fechou acordo de R$ 1 milhão com a Amazon Prime Video, mas continua vivendo na mesma casa simples

0
Foto: Divulgação

Muita coisa aconteceu com o jovem Iran Ferreira, conhecido como Luva de Pedreiro, desde que ele começou a gravar vídeos no campinho de futebol no interior da Bahia, em Quijingue. Mais de 14 milhões de seguidores nas redes sociais, acordos publicitários milionários e fama internacional. Mas o que poderia ser o sonho do jovem 20 anos se tornou motivo de estresse, rendendo até um desabafo ao vivo.

Apesar de seus números explosivos e viagens, parece que a vida simples de Iran não mudou muito. Segundo o colunista Léo Dias, o jovem rompeu com seu empresário, Allan Jesus, e está com uma nova equipe. Mas o que os novos gestores descobriram foi o mais chocante: as duas contas bancárias do Luva estão praticamente zeradas.

De acordo com Léo Dias, as duas contas bancárias contam apenas com um giro de R$ 7.500, mas o saldo é inexpressivo.

Ainda segundo a coluna, a carreira do influenciador é extremamente rentável. Seu primeiro grande faturamento teria sido de R$ 300 mil. O destaque fica para o acordo publicitário fechado com a Amazon Prime Video, em que Iran se tornou a nova cara dos anúncios esportivos da plataforma de streaming. Para isso, o jovem teria recebido R$ 1 milhão.

A questão é que este dinheiro, aparentemente, não está nas mãos do Luva de Pedreiro. Que ainda mora no mesmo lugar e na mesma casa – sem reformas. O que falta entender é sobre como todo esse dinheiro foi gerenciado, visto que mesmo após o estouro nas redes sociais o jovem continua residindo em uma casa simples, no interior da Bahia.

Quem é Allan Jesus?

Dono da ASJ Consultoria, Allan Jesus foi quem primeiro chegou no Luva de Pedreiro quando seus vídeos começaram a bombar no “TikTok”. O empresário tem um histórico dentro do mundo esportivo e já teve clientes como Douglas Costa, ex-jogador do Grêmio, e Thiago Silva, zagueiro do Chelsea e da Seleção.

Para além do campo, ele também fechou parcerias com outros figuras famosas como o humorista Rafael Portugal, o influenciador Victor Melo e a atriz Marcelle Casagrande.

Contudo, o que surgiu como uma ideia de profissionalização da carreira de Iran Ferreira aos poucos começou a alertar a internet. Nas redes sociais, pessoas começaram a questionar a forma como a carreira do Luva era comandada.

O rapaz recebeu vários convites de colaborações com outros famosos, com grande parte sendo ignorada, contratos que demoravam de serem fechados, havia ainda um excesso de menções ao empresário – e até à sua esposa – nas redes sociais do Luva.

Apesar da críticas, tanto Iran quando Allan jamais comentaram sobre o assunto. O empresário tinha até preparado o anúncio de uma “bomba” para esta quarta-feira (22), mas as coisas mudaram desde que Iran apagou todas as menções a Allan Jesus de suas redes.

Empresário do Luva de Pedreiro diz que não roubou R$ 1 do influenciador

A briga pública que envolve o influenciador Iran Ferreira, conhecido na internet como Luva de Pedreiro, e seu empresário, Allan Jesus, ganhou mais um contorno. Após o rapaz se mostrar insatisfeito com o andamento de sua carreira e anunciar uma pausa em seus vídeos, Allan resolveu se pronunciar.

O colunista Leo Dias já havia publicado que nas duas contas de Luva só teria pouco mais de R$ 7.500 e que até mesmo o cachê pago pela participação dele no Domingão com Huck teria sido confiscado pela metade por Allan. Para poder se desligar do agente ele teria de desembolsar um valor de mais de R$ 5 milhões. Procurado, Luva de Pedreiro ainda não havia respondido as solicitações.

Pelas redes sociais, Allan afirma que é um homem honesto e que vai provar a sua inocência. “Se for provado que roubei R$ 1 que eu pague. Tenho nome a zelar, tenho família e entrego para a Justiça divina e dos homens para que tudo se resolva. Vou provar a verdade dos meus atos”, disse.

Ele também revelou que o Iran teria duas contas em pessoa física e o conhecimento sobre uma terceira conta em pessoa jurídica, que foi criada esse ano para receber os valores de contratos de publicidade. Segundo ele, todos os sócios têm acesso a ela, inclusive Luva.

“Todos os nossos contratos de publicidade somam mais de R$ 2 milhões e nenhum pagamento ainda foi feito. Todos serão feitos a partir de julho de 2022, até o presente momento os contratos de publicidade ainda não foram pagos. Antes da nossa empresa ser aberta e ter uma conta jurídica, o Iran tinha feito um acordo informal com uma agência onde gravaria alguns vídeos no TikTok. Naquele momento, o valor foi de R$ 20 mil. Como ainda não existia essa conta jurídica, o valor foi depositado na conta da ASJ Consultoria”, disse.

“Sobre todo o processo que envolve a ASJ Consultoria e o Luva de Pedreiro, eu contratei uma auditoria para que todos os contratos, contas bancárias e recibos sejam vistos. Foram feitos quase R$ 200 mil de investimento e com despesas pessoais do Iran. Em breve espero tê-las em mão”, emendou.

Outra questão levantada foi que Iran, mesmo após ter feito muitos trabalhos e teoricamente ganho muito dinheiro, ainda moraria na mesma casa humilde. Em resposta, o empresário afirma que ele mesmo estava em contato com uma arquiteta para montar a nova casa do influenciador.

“Em abril desse ano, eu entrei em contato com uma arquiteta e a convidei para o projeto. Desde então, estão negociando com uma marca global onde estava sendo acordado a construção da nova casa do Iran. Bem como todas as melhorias do imóvel. Esse projeto ficou pronto e o Iran tinha conhecimento”, disse.
Informações do Correio24 e Bnews

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.