Arthur, Jessi e Jade estão no paredão e noite do BBB é marcada por barracos

0

O paredão desta semana no Big Brother Brasil 22 começou antes da noite deste domingo (6), graças ao Big Fone. Na noite de sábado (5), Jade Picon atendeu ao telefonema que a levou direto ao paredão com direito de indicar mais um brother, sem pensar duas vezes, ela indicou Arthur.

Na dinâmica da noite de votação, o líder Pedro Scooby indicou Jessilane e a casa mandou Gustavo para berlinda, o paranaense porém, venceu a prova bate-volta e se livrou do paredão.

Apesar de conseguir se livrar, Gustavo não escondeu a insatisfação de ter recebido seis votos e disse que não está conseguindo olhar para Laís, seu affair na casa, por não tê-lo ajudado a fugir da indicação da casa. “Hoje, não consigo olhar para ela”, afirmou o brother.

Ainda chateado, Gustavo reclamou com Natália sobre o voto que a sister deu no confessionário. Para proteger Eliezer, a mineira votou em Gustavo. “Confiei, hein. Tu sabe o que faz, mas eu confiei na sua palavra”.

Ao presenciar a cena, Eliezer rebateu o paranaense: “Você não adianta ameaçar ela por causa de um voto”. Gustavo reage: “Eu ameacei?”. Eliezer responde: “Você acabou de ameaçar ela. Você sabe o que faz por causa de um voto, o voto é dela e não é seu”.

“Cala a boca, Eli, fica quieto. Você não sabe o que ela falou para mim, eu só falei confiei na sua palavra”, respondeu Gustavo.

“Ele não está errado, ele está certo. Eu realmente falei com você, realmente eu não queria, foi com muito pesar, mas para mim ser neutra, eu não podia ser. Eu quero ser imparcial nessa votação, só que eu ser imparcial, é eu dar o meu direito para outras pessoas”, explicou a sister.
“É porque a pessoa que deita comigo não me protegeu. Você que deita com o Eli protegeu ele, mesmo falando pra mim que não votaria em mim. É só isso”, concluiu Gustavo.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.