Morre a atriz Eva Wilma, aos 87 anos, devido a um câncer no ovário

0
Foto:arquivo pessoal/Instagram

A atriz Eva Wilma, 87 anos, que estava internada no Hospital Albert Einstein, na Zona Sul de São Paulo, desde o dia 15 de abril para tratamento de problemas cardíacos provenientes de um câncer de ovário, não resistiu aos sintomas e morreu neste sábado (15/5). A informação foi divulgada pela assessoria da atriz.

“Comunicamos que a atriz Eva Wilma, acaba de falecer às 22h08, no Hospital Israelita Einsteins, em São Paulo, em função de um câncer de ovário disseminado, levando a insuficiência respiratória. Nossos profundos e sinceros sentimentos a todos os familiares, especialmente a John Herbert Buckup Jr e Vivien Buckup”, diz a nota.

O hospital também divulgou nota em que confirma a morte da atriz e é assinada pelo cardiologista Cláudio Cirenza, pelo clínico geral Roberto Sebastian Zeballos, pelo oncologista Fernando Maluf e pelo diretor médico do Alberto Einstein, Miguel Cendoroglo.

Wilma deixa dois filhos e três netos. Ela recebeu o diagnóstico de câncer no ovário da no dia 8 de maio, durante interação para tratamento cardíaco, e equipe médica iniciou tratamento oncológico imediato para conter o avanço da doença. Eva tinha 70 anos de carreira como atriz e estava afastada da televisão desde 2018. Ela iniciou a carreira artística aos 19 anos, no Ballet do IV Centenário de São Paulo, mas abandonou a dança pouco depois, quando recebeu convites para integrar o teatro.

Wilma fez história com personagens que oscilavam entre mocinhas e vilãs, como as gêmeas Ruth e Raquel da primeira versão de “Mulheres de Areia” (1974), a Dra. Martha do seriado “Mulher” (1998/1999) e a perversa Altiva, de “A Indomada” (1997). No início da manhã deste domingo (16/5), John Hebert Júnior, seu filho mais novo, compartilhou uma homenagem à mãe. “Obrigado, mãe”, escreveu o cantor na foto em que aparece com Eva, em cima de um palco.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Secured By miniOrange