Funcionários da Refinaria Landulpho Alves protestam contra privatização da Petrobras

0

Um grupo realizou na manhã de hoje um protesto em frente à entrada da Refinaria Landulpho Alves (RLAM), no chamado Trevo da Resistência, em São Francisco do Conde.

Os manifestantes, que são funcionários da refinaria, protestam contra o processo de privatização Petrobras iniciado pelo governo Bolsonaro. A operação inclui a venda da unidade baiana da RLAM.

O diretor do Sindipetro-BA, Radiovaldo Costa, classificou a atual direção da Petrobrás como “truculenta” e acusa os dirigentes de não negociar com entidades sindicais.

“Trabalha na lógica de enfraquecer a Petrobras e também trabalha na lógica de fazer com que a Petrobras não cumpra o seu papel enquanto empresa pública. Mesmo assim, as nossas entidade sindicais têm resistido e enfrentado essa postura da direção da empresa”, disse.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.