Acompanhe as últimas notícias da Cidade de Candeias na Bahia com credibilidade na informação sobre política, esportes e ações policias da região.

Prefeito de São Francisco do Conde sanciona lei que cria o Programa “Oportuniza Para o Trabalho” de incentivo a jovem aprendiz, para estágio e primeiro emprego

Foto: Paula Fróes/GOVBA
Um dos compromissos da Prefeitura de São Francisco do Conde é com a inserção do jovem franciscano no mercado de trabalho, visto que, esse é um dilema enfrentado por aqueles que ainda estão em sala de aula e não possuem experiência profissional.

Nessa perspectiva, o prefeito do município, Evandro Almeida, sancionou a Lei Municipal nº 579/2019, que cria o Programa “Oportuniza Para o Trabalho”, de incentivo ao Jovem Aprendiz, com ações de Estágio e Primeiro Emprego, para adolescentes e jovens na faixa etária entre 14 e 29 anos de idade.


Dentre os objetivos do Programa Municipal ”Oportuniza Para o Trabalho” estão o de incrementar as possibilidades de integração de adolescentes e jovens do município em processo de qualificação e/ou já qualificados para o ambiente do trabalho; possibilitar aos estudantes do município o acesso ao estágio curricular obrigatório, integrado ou não aos contratos de aprendizagem; oferecer o Sistema de Intermediação da Administração Pública direta e indireta da União, do Estado, do Município e das empresas do setor privado, para viabilizar a celebração de contratos de aprendizagem para estudantes e aqueles egressos da população; estimular a capacitação térmico-profissional do estudante, visando seu desenvolvimento social, para a vida cidadã e do trabalho; articulação, de forma integral e transversal, com as escolas da rede municipal, objetivando promover o acesso dos estudantes ao conhecimento científico, artístico, cultural e do trabalho, inclusive para prosseguimento dos estudos; contribuir para a elevação de escolaridade do trabalhador, com a pesquisa e a intervenção social como princípios pedagógicos.

O Programa Municipal ”Oportuniza Para o Trabalho” será gerido por um Comitê Gestor, instância de consulta e proposição, composto por alguns órgãos municipais. A implantação desta Iei será gradual, observadas as disponibilidades orçamentária e financeira, respeitado o prazo máximo de 03 anos para sua completa efetividade.

As ações do Programa devem observar e priorizar as diretrizes de formação e capacitação de adolescentes e jovens, desenvolvidas por meio de atividades teóricas e práticas, que serão organizadas em tarefas de complexidade progressiva, compatíveis com o seu desenvolvimento físico, moral e psicológico; acompanhamento e avaliação continuada; intermediação gratuita dos estudantes egressos do Sistema Público de Ensino Médio, da Educação de Jovens e Adultos (EJA), do Ensino Médio particular e da Educação Superior, p inserção no ambiente do trabalho através do SINEBAHIA/SEDEC/SFC; promoção e estímulo, prioritariamente, para a expansão da educação profissional pública, bem como a parceria com o setor privado e entidades representativas ou que atuam na sociedade civil.

Observado o princípio da publicidade, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico de São Francisco do Conde, manterá banco de dados com informações dos estudantes de acordo com os critérios estabelecidos na lei. Para ter acesso a todas as informações, aos critérios, as responsabilidades do poder público e das empresas privadas, confira no link. http://saofranciscodoconde.ba.gov.br/wp-content/uploads/2019/09/1375-2019.pdf

  1. Maria José Silva
    Maria José Silva Diz

    Jefferson Silva Santos

  2. Tatinha Silva
    Tatinha Silva Diz

    Pathy Santos
    Dudu Gouveia

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.