Duas universidades baianas alcançam nota máxima em lista do Inep

Por Redação
3 Min

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou nesta terça-feira (2/4) os resultados do Índice Geral de Cursos (IGC), que avaliou 1.998 instituições de ensino superior, tanto públicas quanto privadas. Entre as 54 instituições com nota máxima (5), destacam-se duas na Bahia: a Universidade Federal da Bahia (Ufba) e a Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB).

Continua depois da Promoção

O IGC é uma avaliação que classifica a qualidade dos cursos oferecidos por universidades selecionadas em uma escala que varia de 1 (índice muito baixo) a 5 (índice muito alto). Essa análise é fundamental para fornecer uma visão mais clara sobre o desempenho das instituições de ensino superior.

Os critérios utilizados para calcular o IGC baseiam-se em dois aspectos principais: a nota atribuída a cada curso de pós-graduação pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e a média do Conceito Preliminar de Curso (CPC) de cada curso, também avaliado pelo Inep.

O CPC é composto por diferentes variáveis, sendo que o Conceito Enade representa 20% da pontuação, a proporção de professores com mestrado ou doutorado corresponde a 30%, a avaliação da percepção do estudante em relação ao curso contribui com 15% e o Indicador de Diferença entre os Desempenhos Observado e Esperado (IDD), que compara as notas do Enem e do Enade, representa 35%.

Continua depois da Promoção

Com base nos dados quantificados e na média obtida pelas instituições, a classificação do IGC é distribuída em cinco faixas de desempenho, que vão desde as piores (faixa 1) até as melhores (faixa 5). Essa classificação possibilita identificar as instituições de ensino superior mais destacadas e aquelas que enfrentam maiores desafios em termos de qualidade de ensino.

A divulgação desses resultados é fundamental para aprimorar a qualidade do ensino superior no país, identificando os pontos fortes e fracos de cada instituição. A transparência na avaliação contribui para o aperfeiçoamento contínuo das universidades, visando sempre a excelência educacional.

As instituições de ensino superior têm um papel fundamental na formação dos futuros profissionais de diversas áreas, sendo essencial garantir a qualidade do ensino oferecido. Portanto, iniciativas como o IGC são essenciais para avaliar e promover melhorias constantes no cenário educacional brasileiro.

Compartilhe Isso
- Advertisement -