Dia Mundial da Juventude: SJDHDS promove ações para o protagonismo jovem

0

Ser jovem significa viver um momento crucial de formulação de projetos de vida, de escolhas e criação de caminhos. Focar na educação e na conscientização da juventude sobre a responsabilidade de construir o futuro do planeta é o principal objetivo da data comemorada hoje (30), Dia Mundial da Juventude.

A Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS), por meio da Coordenação de Políticas Públicas para a Juventude (COJUVE), desenvolve uma série de atividades para que os jovens possam criar uma trajetória de inserção e autonomia na sociedade.

O Conselho Estadual de Juventude (CEJUVE), órgão colegiado de caráter consultivo, vinculado à SJDHDS, tem se mantido como espaço de diálogo entre a sociedade civil, o Governo do Estado e a juventude baiana. Junto ao CEJUVE, ao longo do ano de 2021, foram realizadas várias atividades de caráter virtual destinadas às políticas para os jovens como oficinas formativas, lives temáticas e Hacktaton Digital.

“Discutir o protagonismo da juventude e garantir que tenham sempre acesso à informação e educação é algo que nunca podemos perder de vista. O jovem precisa ter em mente que eles possuem um papel indispensável para o mundo. Aqui na Bahia, a SJDHDS, através dos seus programas busca a cada dia valorizar esse público”, pontuou o secretário da SJDHDS, Carlos Martins.

Dentre as ações praticadas pela SJDHDS, está a parceria com o Conselho Nacional de Juventude (CONJUVE), que mobilizou jovens da Bahia para responder à pesquisa “Juventudes e a Pandemia do Coronavírus”, para traçar o perfil da juventude brasileira e destacar o impacto da pandemia nas suas vidas. Mais de 1000 jovens do estado responderam à pesquisa.

Além disso, a articulação promoveu cursos online através dos Programas Juventude Empreendedora e Atlas da Juventude. Essas iniciativas têm o intuito de apresentar para os jovens o empreendedorismo como alternativa de emprego, trabalho e renda autônoma. O Programa beneficiou quase 700 jovens de toda a Bahia.

“As ações desenvolvidas pela Coordenação de Juventude contribuem para o protagonismo dos jovens, fortalecimento das políticas desenvolvidas pelo Governo e emancipação da juventude. É através de nossas ações que o público juvenil é ouvido, que o diálogo entre os poderes governamentais e o nosso público acontece. Levamos serviços de cidadania, ações que fortalecem a autonomia da juventude baiana, especialmente nos municípios do interior”, enfatizou a coordenadora de Políticas Públicas para a Juventude da Bahia, Fernanda Sampaio.

A SJDHDS ainda atua na emissão do ID Jovem, que possibilita que jovens de baixa renda com idade entre 15 e 29 anos tenham acesso a diversos benefícios, como a meia-entrada em eventos artístico-culturais e esportivos e vagas gratuitas (ou com 50% de desconto) no sistema de transporte coletivo interestadual. Na Bahia, mais de 41 mil carteiras estão ativas e beneficiando jovens.

Outra competência que cabe à Coordenação e a Política de Juventude do Estado são as Caravanas da Juventude. Caracterizadas por ações itinerantes para apresentar as iniciativas do governo para as juventudes, realizar a escuta desses jovens, garantir a articulação com os gestores locais, apoiar a emancipação juvenil por meio das oficinas e da presença do Estado e consolidar as políticas públicas para a juventude desenvolvida pelo governo.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.