Partiu Estágio convoca primeira turma de universitários em 2020

0
Foto: Manu Dias/GOVBA

O governador Rui Costa anunciou na noite desta terça-feira (4), nas redes sociais, a publicação de uma nova lista de convocados do Programa Partiu Estágio. Ao todo, 847 estudantes universitários serão chamados a atuar na administração estadual, com postos de trabalho na capital e interior do estado. A lista dos convocados estará disponível para consulta nesta quarta-feira (5), no site da Secretaria da Administração (Saeb). Esta é a primeira convocação do ano para o programa.

Os estudantes selecionados terão 10 dias úteis para apresentar documentação exigida em edital no órgão onde irão atuar, no período de 7 a 20 de fevereiro. O chamamento será encaminhado por e-mail. Estudantes que não apresentarem a documentação completa, ou não se apresentarem dentro do prazo estipulado, perderão a vaga de estágio automaticamente.

Os selecionados participaram do terceiro edital do programa, lançado em setembro de 2019, que ofereceu 2.838 oportunidades de estágio para 110 cursos de graduação presenciais e EAD de instituições com sede/polo de ensino na Bahia, somando mais de 20 mil inscritos.

O Partiu Estágio tem a reserva de 10% das vagas ofertadas para portadores de deficiência física, como o previsto pela Lei 11.788/2008. Sobre o quantitativo de vagas não reservadas, tiveram prioridade universitários inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), seguidos daqueles que tenham estudado todo o ensino médio em escola pública ou com bolsa integral na rede privada.

O programa é uma iniciativa da administração estadual baiana que garante acesso a oportunidades de estágio a estudantes universitários de instituições estaduais, federais e privadas com sede na Bahia e que ainda não conseguiram se inserir no mercado de trabalho. O contrato de estágio tem duração de um ano, sem possibilidade de prorrogação, exceto quando o estudante é deficiente físico.

A carga horária é composta de quatro horas diárias de atividades supervisionadas, chegando a 20 horas semanais, distribuídas de acordo com a necessidade da administração pública. Além da bolsa-estágio, os universitários terão direito a auxílio-transporte e 30 dias de recesso remunerado, proporcionais.

Lista com a documentação necessária:

– Comprovante de residência
– Original e cópia da Carteira de Identidade
– Original e cópia do Cadastro de Pessoa Física (CPF)
– Original e cópia de Carteira de Identidade do representante legal, ou do Termo de Guarda expedida por autoridade judicial, se for o caso
– Declaração da Instituição de Ensino informando semestre letivo, duração do curso, percentual cursado, turno de estudo, curso de formação e sua modalidade presencial (Anexo II do Edital)
– Comprovante de matrícula e frequência da Instituição de Ensino
– Declaração própria de que não exerce atividade remunerada em órgão público
– Original e cópia do Título de Eleitor, se for o caso
– Original e cópia do Certificado de Reservista, se for o caso
– Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS)
– Comprovação de inscrição no CadÚnico, se for o caso
– Histórico escolar do Ensino Médio ou declaração emitida pela instituição de nível médio, no caso dos candidatos que tenham sido selecionados pelo critério de ter estudado todo o Ensino Médio em Escola Pública ou como Bolsista integral
– No caso de pessoas portadoras de deficiência, deverá ser apresentado um Relatório Médico comprovando a deficiência

COMPARTILHE ISSO:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Secured By miniOrange